O Museu do Amanhã mobilizará a discussão sobre as cidades do futuro no Seminário Futuros Urbanos, que acontecerá nos dias 22 e 23 de julho, no YouTube , a partir das 17h. Aliás, o evento faz parte da exposição “Futuros Urbanos”, que integra a programação de agosto do Museu do Amanhã.

Desigualdade social, mobilidade, economia, sustentabilidade e saúde serão os eixos temáticos propostos para reflexão e sugestão de transformações para que as cidades possam ter um futuro melhor e de convivência mais harmoniosa das pessoas entre si e com os espaços urbanos.

Na quinta-feira (22), o tema central será “Qual é a cidade que queremos?” e a programação iniciará com Rogério da Costa, consultor da exposição Futuros Urbanos, que falará sobre como pensar e planejar o futuro das cidades. A primeira mesa abordará o assunto “Cidades biofílicas: como é possível solucionar os desafios da cidade por meio da natureza?” e será mediada pela editora-assistente do Um Só Planeta, Sabrina Guimarães Neumann. As palestrantes serão Marcela Alonso Ferreira, Coordenadora de Projetos da URBEM, e a paisagista urbana Cecília Polacow Herzog.

“Como a diversidade racial e social na tomada de decisões pode influenciar a mobilidade de uma cidade?” é o tema da segunda mesa do dia, que será mediada por Joana Pires, Gerente de Comunicação do Museu do Amanhã, e contará com a presença do antropólogo e mobilizador cultural Paique Duques Santarém e de Carlos Greenbike, Presidente e Fundador da Associação Pedala Queimados. O encerramento do primeiro dia de seminário será realizado pelo curador de Sustentabilidade do Museu do Amanhã, Sergio Besserman, que falará sobre o impacto das mudanças climáticas nas cidades e os caminhos para amenizá-lo.

O segundo dia do evento trará para debate o tópico “Como ser uma cidade para todos?”. A abertura será realizada por Luana Génot, curadora de Convivência do Museu do Amanhã, que abordará a importância de uma sociedade mais igualitária na transformação das cidades. A primeira mesa reflete sobre “Como promover sustentabilidade e convivência plural para as habitações sociais?” e será mediada pelo geógrafo Mário Pires Simão. Os palestrantes serão Paulo Cesar de Paula, membro do Movimento Nacional de População de Rua e Luiza de Oliveira Schmidt, Coordenadora de Desenvolvimento Urbano do WRI Brasil.

Vanessa Barbosa, Editora-Assistente do Um Só Planeta, será a mediadora da segunda mesa: “As oportunidades de mobilidade ativa no Brasil para menor emissão de carbono”. Os palestrantes serão Victor Andrade, Coordenador do Laboratório de Mobilidade Sustentável (LABMOB) e Lorena Freitas, Coordenadora de Gestão e Mobilidade do ITDP. Para encerrar o Seminário, Ilan Cuperstein, Vice-Diretor regional para a América Latina da Rede C40, destacará os caminhos para mitigar a emergência climática nas cidades da América Latina.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here