“Paciente 63” estreia nesta quinta, 22, com 10 episódios para maratonar grátis só no Spotify. A nova áudiossérie Original Spotify, protagonizada por Seu Jorge e Mel Lisboa, acompanha os intrigantes relatos de Pedro Roiter à psiquiatra Elisa Amaral em sessões terapêuticas de rotina que logo se transformam em um instigante embate entre a realidade e o delírio, o real e o possível.

É outubro de 2022 quando Pedro, 39 anos, é encontrado na via pública e encaminhado à unidade de psiquiatria. Seu número da ficha clínica: 63. A doutora Elisa é a responsável pelo diagnóstico de psicose paranóide deste misterioso paciente que diz ser um viajante no tempo e ter vindo do ano de 2062. Aliás, voltar ao passado para ele é sinônimo de cumprir uma missão para salvar o futuro da humanidade.

“Estamos muito atentos a o futuro. É muito interessante uma pessoa que vem do futuro e contar o que aconteceu lá, as informações que ele traz tem muito a ver com o presente hoje, mas não tira o olhar para frente, o olhar de resolução dos nossos problemas, a questão humanitária, o sentido da vida. O ouvinte vai ficar mexido porque, no fundo, todos nós carregamos essa inquietação sobre o que vivemos hoje e o que possivelmente será amanhã”, comenta Seu Jorge.

“A série, além de fazer você viajar naqueles personagens e criar todo um universo, faz você também exercitar o seu senso crítico, o seu poder questionador, o olhar ao seu redor para o que estamos vivendo, para o que a gente viveu e para o que podemos fazer hoje para que nosso futuro possa ser melhor”, completa Mel Lisboa.

A surpreendente história de “Paciente 63” é uma adaptação de Caso 63 com roteiro de Julio Rojas, um dos roteiristas mais premiados do Chile e amante de ficção científica.

“Procuramos apostar em uma história na qual o ouvinte esteja entre os protagonistas, um observador que vivencia as sensações dos atores. Também privilegiamos o fator surpresa, as reviravoltas da trama, as sensações auditivas que realmente transportam você para a cena. Ouvir uma série de áudio gera a intimidade necessária para a autorreflexão. Fechar os olhos e ouvir acende algo adormecido em nosso cérebro. Você faz parte da história porque ajuda a construí-la. É uma experiência única e pessoal”, comenta o criador da áudiossérie.

“Temos o compromisso de ser um destino global de alto nível para o áudio, criando o melhor conteúdo da América Latina com talentos locais e uma variedade de gêneros. Queremos proporcionar experiências imersivas e criativas e, com “Paciente 63″, os usuários podem experimentar as possibilidades do áudio, que também incluem a ficção”, finaliza Rodrigo Vizeu, Produtor de Podcasts do Spotify no Brasil .

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here