Agora o carioca pode caminhar no calçadão de Copacabana e degustar um ceviche preparado com ingredientes frescos, por um chef nativo, em ambiente moderno, descontraído e adaptado aos novos tempos no QCeviche, que chega à cidade no começo de julho e marca nova fase do Mercure Rio Boutique Hotel Copacabana.

Com entrada independente e aberto ao público, o ambiente do QCeviche tem amplo salão, varanda verde com vista para o calçadão e inserções artísticas do designer Thales Galves, que assina um amplo painel com destaque central no ambiente.

O cardápio, assinado pelo chef Manuel Velasquez, conta com opções de ceviches, do clássico a autorais voltados aopaladar do carioca, saladas e pratos quentes. Do bar, comandado pela bartender Thamiris de Oliveira, saem coquetéis clássicos, autorais e ‘piscos’ especiais, dando ênfase ao drink que é marca registrada da coquetelaria peruana, em abordagem inédita na cidade.

QCeviche
Foto: Tomas Rangel

O cardápio do QCeviche começa como deve ser: com ceviches. Do ‘Clássico’, feito com peixe branco marinado em leite de tigre, cebola roxa e coentro, acompanhado de batata doce glacê cozida em especiarias e milho torrado (R$ 37), a versões especiais como o ‘De Verano’, ceviche agridoce de atum com manga e melancia em leite de tigre de suco de caju, finalizado com massa de gyosa frita, castanhas e maionese picante (R$ 39). Para os veganos, o ‘Verano Vegano’ – ceviche agridoce de chuchu cozido com temperos da casa, avocado, manga e melancia em suco decaju cítrico (R$ 32); e para os vegetarianos, o ‘Del Huerto’ – com cogumelos Paris, cebola roxa, coentro, caju em mix de pimentas peruanas e suco de limão (R$ 32), ambos servidos com massa de gyoza frita.

Foto: Tomas Rangel

Como manda o bom figurino carioca, o cardápio continua com opções de petiscos como ‘Causa Bravaza’, mini causas verdes com tartare de salmão e atum picante, aioli e maionese de azeitona (R$ 39, três unidades); ‘Croquetas de Camarones’, bolinhos de camarões com massa de mandioca e pimentas peruanas sobre creme de queijos da Serra (R$ 48, quatro unidades); e ‘Las Brochetas’, espetos marinados de filé mignon (R$ 15); de frango (R$ 15) e de peixe branco (R$ 15), entre outras.

Entre os principais, ‘Pescado a Lo Macho, filé de dourado sob torre de frutos do mar em molho picante acompanhado de arroz branco (R$ 62); ‘Tacu Tacu de Mariscos’, mix de arroz e feijão temperado, crocante por fora e macio por dentro, servido com molho de frutos do mar levemente picante (R$ 59); ‘El Ossobuco Norteño’, risoto de parmesão com ossobuco cozido lentamente no vapor e molho norteño (R$ 55) e ‘Arroz con Pato’, magret e coxa de pato cozidos lentamente no vapor, acompanhados de arroz norteño e salsa criolla picada (R$ 102, para duas pessoas) são boas pedidas.

Para finalizar, ‘Suspiro Limeño, creme à base de leite condensado com especiarias, sob merengue italiano de vinho do Porto (R$ 16); ‘Los Picarones’, rosquinhas fritas de abóbora e batata doce com mel de rapadura, figos e canela (R$ 16) e ‘La Chocoteja’, releitura do chef para a tradicional sobremesa de chocolate com doce de leite e nozes (R$ 18).

O bar tem uma abordagem inédita na cidade ao Pisco, com oquetel que é um ícone peruano e tem semelhança com a caipirinha, porém à base de aguardente de uva e limão. O mixologista Pablo Lopes desenvolveu uma seção com seis opções do drinque com um marcante resgate à cultura dos ‘macerados’, piscos infusionados com especiarias e temperos. Entre as opções, o Qkion, com pisco macerado degengibre e canela, suco de laranja e limão (R$ 29) e o Ekeko, com pisco macerado em folha de coca, polpa de maracujá, limão e bitter de laranja (R$29).

A bartender Thamiris de Oliveira, responsável pelo bar, assina os coquetéis autorais, entre eles o ‘Deu Mate’, rum branco, mate com infusão de pimenta da Jamaica, xarope de gengibre e limão siciliano (R$ 29); ‘Afrodite’, com cachaça Leblon, leite de coco, xarope orgeat com pimenta e canela e xarope de caju (R$ 29); Elis, gin Amazzoni, suco de limão e xarope de cereja (R$ 32) e ‘Colheita’, com Jameson Irish Whisky, abacaxi, xarope de flor de sabugueiro e licor de café (R$ 32).

Há ainda a cerveja peruana Cusqueña nas opções Golden (R$ 15), Red (R$ 17) e Trigo (R$ 17).

O QCEVICHE! fica na Av. Atlântica, 2554, no Mercure Rio Boutique Hotel Copacabana. Tel.: 21 3545-5100. Funcionamento: Diariamente, das 12 às 15h e das 19h às 23h. 86 lugares. Aceita todos os cartões. @qcevicherio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here