O Canal Reload desembarca no Canal Futura trazendo notícias feitas por jovens e para jovens. A iniciativa, que reúne conteúdo produzido na web por dez organizações jornalísticas independentes e premiadas, estreia como jornalístico no Futura no próximo dia 3, às 21h.

Com a missão de “descomplicar” as notícias e democratizar a informação, utilizando linguagens que falam diretamente aos jovens, como clipes, animações e poesia slam, a série também pode ser assistida no canal do Futura no YouTube e pelas plataformas Globoplay e Canais Globo.

Em oito episódios, comandados pelos apresentadores Tawane Theodoro e Júnior Silva, “Reload” vai abordar temas atuais. O episódio de estreia, que conta a origem do Reload, dá dicas para identificar as fake news e evitar a disseminação de informações falsas. No segundo, o tema é educação e o combate à evasão escolar, levantando as dificuldades que os alunos e professores enfrentam no dia a dia. No terceiro episódio o foco são os direitos LGBTQIA+ e suas principais pautas e lutas, além de explicar como a sociedade pode contribuir para esta causa e por ai vai.

O material do Canal Reload é distribuído no Instagram e Youtube e, com a chegada ao Futura, amplia sua presença digital também para a TV, tornando-se ainda mais acessível. O canal foi a primeira iniciativa em que organizações de jornalismo se juntaram em uma redação compartilhada para transformar seus conteúdos de reportagens em vídeo e outros formatos mais aderentes às novas gerações na internet.

O “Reload” produz conteúdo a partir das reportagens e checagens de 10 organizações jornalísticas, que juntas acumulam mais de 100 prêmios nacionais e internacionais: Agência Lupa, Agência Pública, Amazônia Real, Congresso em Foco, Énois, Marco Zero Conteúdo, O Eco, Ponte Jornalismo, Projeto #Colabora e Repórter Brasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here