Nos 70 anos de morte de Schoenberg, “Pierrot Lunaire”, uma das mais marcantes obras do revolucionário compositor austríaco, será homenageado pelo Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

No dia 06 de agosto, a partir das 18h, o YouTube apresenta um ciclo de 21 canções baseadas nos poemas do belga Albert Giraud, traduzidos para o alemão por Otto Erich Hartleben, para soprano e um pequeno conjunto de câmara. O estilo de canto é o “sprechgesang”, o canto-falado, algo entre o melodrama teatral, a declamação e o canto propriamente dito.

Com direção artística de Ira Levin, maestro titular do TMRJ, concepção cênica de Julianna Santos e regência de Priscila Bomfim, maestrina assistente do TMRJ, o espetáculo terá a participação especial da artista lírica brasileira de maior destaque internacional, a soprano que foi Kammersängerin da Ópera de Viena, Eliane Coelho.  Aliás, esta obra, escrita para a voz feminina e considerada um marco na superação da música tonal, tem sido raramente executada no Brasil.

“Pierrot Lunaire é uma obra emblemática dentro do repertório do século XX, não somente pelo fato de abrir um caminho na música atonal, mas principalmente pela forma como Schoenberg conseguiu dar significado a estes 21 poemas de Giraud, traduzidos para o alemão. Poder interpretá-los com o célebre soprano Eliane Coelho, sem dúvida é um marco na carreira de qualquer músico e maestro” – destaca Priscila Bomfim.

A montagem conta ainda com a participação do grupo, denominado tradicionalmente como Ensemble Pierrot, composto por cinco solistas, integrantes da Orquestra Sinfônica do TMRJ: Sofia Ceccato (flauta e piccolo), Marcos Passos (clarinete e clarone), Marcio Sanchez (violino e viola), Pablo Uzeda (violoncelo) e a pianista convidada Katia Balloussier.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here