- Publicidade -

“Toda la sangre” tem gravações iniciadas na Cidade do México

Publicado em:

Foi realizada ontem, virtualmente na Cidade do México, a coletiva de imprensa , direto da biblioteca do Museu Franz Mayer na Cidade do México, sobre “Toda la Sangre”, baseada no livro de Bernardo Esquinca.

Zasha Robles, produtor e showrunner da série, apresentou tanto os diretores como o elenco enfatizando que a série poderá ser vista na plataforma de streaming Pantaya nos Estados Unidos e Puerto Rico, assim como pela STARZPLAY na América Latina.

Durante a coletiva estiveram presentes, os diretores Luis Prieto e Hari Sama, assim como os atores Aarón Díaz, Ana Brenda Contreras, Yoshira Escárraga, Antonio Trejo Sánchez e Clementina Guadarrama.

“Toda la Sangre” é um thriller com dez episódios, em que Casasola (Aarón Díaz), um repórter criminal, une forças com a tenente de polícia Edith Mondragón (Ana Brenda Contreras) e Elisa (Yoshira Escárraga), uma antropóloga do INAH (Instituto Nacional de Antropologia e História), com o objetivo de decifrar uma série de assassinatos que comoveram o país. Juntos percorrem a Cidade do México perseguindo um assassino ritualístico cuja peculiaridade é recriar antigos sacrifícios astecas.

As gravações terão um total de 12 semanas com locações na Cidade do México, ligadas ao misticismo, entre elas se destacam: Xochimilco, o Museu de Antropología, o Zócalo (Praça de Constituição) e o Antigo Palácio do Acerbispado, aliás, onde a comida e bebida típica do México são um personagem adicional na série, agregando em muitas cores à história.

Rota Cult
Rota Cult
Redação do site E-mail: contato@rotacult.com.br

Mais Notícias

Nossas Redes

2,459FansGostar
216SeguidoresSeguir
125InscritosInscrever
3.870 Seguidores
Seguir
- Publicidade -