Focado na produção de artistas, roteiristas e ilustradores negros e negras, o novo selo editorial, criado pela Ultimato do Bacon em parceria com o crítico e influenciador Daniel Miranda, tem como objetivo diversificar a leitura, dando espaço para a produção intelectual e cultural da população negra.

Comemorando um ano do NegroGeek nas redes sociais, a intenção da parceria é aumentar as oportunidades de inclusão da população negra no mercado de histórias em quadrinhos através de sua produção.

“A gente vive falando sobre ler mais autores negros, mas ninguém sabe onde encontrá-los, sem serem autores independentes. Centralizar um lugar para termos esses autores e criar um espaço de produção é fomentar o consumo dessa leitura e dar oportunidade para essa população”, afirma Daniel Miranda, o NegroGeek.

Com uma mescla entre profissionais já consagrados e iniciantes, o selo trará edições com histórias fechadas a cada exemplar para que o leitor possa adquirir somente aquelas que interessem a ele. “Está no DNA da Ultimato do Bacon levar para os leitores materiais de alta qualidade de conteúdo e gráfica por preços acessíveis”, diz Alexandre Baptista, diretor da editora.

Aliás, o primeiro projeto do selo, que já está disponível na plataforma Catarse, é a HQ intitulada “Tecnodreams”, do artista paulistano Isaque Sagara, criador de “Máscara da Morte Branca” e “Quando a Música Acabar”. Na edição é explorada, através de cenas e relações cotidianas, a discussão sobre o mito da meritocracia e a pedagogia do oprimido de Paulo Freire, tendo a tecnologia de indução de sonhos como ponto de convergência na trama.

Além disso, a campanha de “Tecnodreams” também marcará o lançamento do Blacknaque, um almanaque de personalidades negras brasileiras desenvolvido por Jeyce Nunes e Evandro Parreira, e ilustrado por Jey. O almanaque será oferecido como recompensa em algumas das modalidades de apoio da campanha. Numa linguagem simples e direta, este primeiro volume trará personalidades dos quadrinhos, de maneira didática e educativa, focando tanto no público infanto-juvenil quanto adulto.

Além disso, a editora já está trabalhando na próxima edição, prevista para o primeiro semestre de 2022 e que será desenvolvida pelo premiado quadrinista paulista Alex Mir. O tema dessa vez será a religiosidade afro e a tecnologia, as quais misturam nos trabalhos espirituais no desenrolar da trama.

O NegroGeek é um perfil no Instagram voltado para a cultura nerd e Pop, com um viés afrocentrado. Em pouquíssimo tempo a página já contava com mais de 9.000 seguidores, mostrando que a percepção de Daniel não estava incorreta: haviam poucos influenciadores e formadores de opinião assumidamente negros e negras nas redes sociais.

O Sobrecapa é originalmente um canal no YouTube que completou cinco anos de atividade no dia 10 de janeiro de 2021. De 2016 pra cá, o canal passou a fazer parte do grupo Ultimato do Bacon e se especializou em comparativos de edições e reviews de HQs. Atualmente, hospeda também a versão em vídeo do Costelinha, o podcast do site Ultimato do Bacon, que pode ser conferido em áudio nas principais plataformas de streaming.

Com a criação da Ultimato do Bacon editora, o Sobrecapa passa também a ser o selo quadrinhos do UB e seu ícone verdinho irá estampar as HQs da editora.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here