Interseções do Existir
Foto: Bruno Ryfer

No próximo dia 21 de outubro, o artista Leo Moreira estará realizando sua primeira exposição intitulada de “Interseções do Existir”, na Caza Artha, da Gávea. Segundo Leo, tudo começou durante a pandemia, quando ele encontrou na arte uma forma de equilíbrio e de reencontro com sua alma.

Cursando História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e no Parque Lage, Leo inspirou-se na escolha das figuras geométricas e movimentos circulares dos seus quadros, no pensamento da teoria de Platão sobre o cosmos, que considerava que os círculos e as esferas eram manifestações do universo, interferido por falhas, assim como a mente humana.

“A série de desenhos que compõem esta exposição, traduz o olhar platônico sob a forma da arte. Cada obra expressa encontros, mesclas, rasgos e acontecimentos que nos atravessam. Cada trabalho é a expressão de nossa população interna e tudo que vive dentro de nós. Somos formas diversas que compõem nossas singularidades. Partes calmas, intensas e vibrantes: somos várias estações. Aqui tem Marias, Antônios, Flávios, Flávias, Teresas, Leos, que atravessam uns aos outros formando o universo cósmico do existir.”, afirma Leo.

Com dois ateliês na Zona Sul do Rio, ele participou durante o tempo de isolamento de quatro bazares beneficentes promovidos pela campanha Olhar Quem Tem Fome (@olharquemtemfome), onde todas as suas obras sempre foram muito disputadas, sendo que uma delas foi adquirida para o acervo de Bebel Klabin.

Uma das suas musas inspiradoras é a arquiteta e artista plástica, Patrícia Secco que será a curadora da exposição, diz que as pinturas do jovem artista traduzem a arte naïf. “Suas obras remetem aos grandes mestres da pintura, com linhas geométricas entrelaçadas em cores como se fosse Mondrian. Seus movimentos circulares me evocam os de Matisse e suas formas quase cubistas como Van Gogh”, afirma ela.

A exposição abre ao publico no dia 21 de outubro na Casa Artha (Rua dos Oitis, 54 – Gávea). Funciona de segunda a sexta das 10h às 20h e aos sábados das 10h às 16h

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here