Silvio de AbreuCom o objetivo de expandir o investimento em produções locais e dar voz aos talentos nas telas e por trás das câmeras, a HBO Max acaba anunciou hoje a formação de seu novo núcleo de telesséries para a América Latina, comandado pela atual head de Talentos Artísticos da WarnerMedia Latin America, Mônica Albuquerque. Aliás, para dar ainda mais potência à iniciativa, a marca traz Silvio de Abreu, como talento exclusivo para acompanhar o desenvolvimento das telesséries da HBO Max. Agora, nessa nova função de showrunner, Silvio trabalhará diretamente com os autores e diretores latino-americanos em todas as produções.

Segundo Tomás Yankelevich, Chief Content Officer da WarnerMedia Latin America, “Desde que a Monica chegou à companhia, com a responsabilidade de fazer a interlocução com os talentos artísticos, a gente vem pensando na criação de um núcleo de telesséries. É um formato que representa muito a criação artística da América Latina. Temos, em todos os países, uma tradição consolidada de nos expressarmos através desse tipo de narrativa, ao mesmo tempo tão popular e tão sofisticada. Nossa dramaturgia tem muito para compartilhar com o mundo”.

As telesséries serão produções de dramaturgia com estrutura narrativa moderna , com cerca de 50 capítulos, trazendo conteúdo de ficção em formato híbrido que combina a base do melodrama com o ritmo de série. As telesséries têm o objetivo de se conectar de forma única à audiência brasileira e de toda região que tanto vibra, torce e se emociona com histórias nesse formato.

“Estamos muito confiantes no desenvolvimento desta nova área. Acreditamos na força do melodrama para atrair as audiências globais. Nosso objetivo é contar estas histórias com o ritmo das séries, com uma sólida estrutura narrativa e trazendo temas relevantes e urgentes. O Brasil é um celeiro de talentos e ideias. Os criadores dessas histórias ajudaram a construir um mercado respeitado e premiado internacionalmente. E Silvio de Abreu – além de um grande parceiro e amigo – é, sem dúvida, um dos mais importantes nomes da dramaturgia do país”, comenta Mônica Albuquerque.

“Estou muito feliz com esta nova caminhada e já me sinto em casa com um time tão competente, que já tive o prazer de conhecer em outras oportunidades. Criar narrativas e trazer temas relevantes que façam com que a audiência se envolva, se identifique e gere impacto na sociedade são combustíveis para este desafio que, tenho certeza, vai render muitos projetos incríveis”, afirma Silvio.

O núcleo de Telesséries também contará com a expertise de Joana Jabace, diretora artística responsável por acompanhar os projetos desde a escolha do tema, do casting e da equipe das produções em toda América Latina.

Formado em cenografia, Silvio de Abreu iniciou sua carreira profissional como ator, depois como diretor, mas consagrou-se como autor. Após experiências nas TVs Tupi, Excelsior e Bandeirantes, ele estreou na Globo. Com uma brilhante e longeva carreira na emissora carioca, onde esteve até o inicio de 2021, Silvio lançou sucessos de audiência como “A Guerra dos Sexos” (1983), ” A Próxima Vítima” (1995), “Belíssima” (2005) e  “Passione” (2010) entre outras e, em 2015, migrou para a carreira executiva, como Diretor de Gênero de Dramaturgia, onde revelou mais de vinte novos autores, abrindo espaço para novas ideias e formatos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here