Home MODA Levi’s revisita criações dos anos 70, aliadas à matéria prima sustentável

Levi’s revisita criações dos anos 70, aliadas à matéria prima sustentável

0

A Levi’s se voltou para seus arquivos da década de 70 para criar os mais recentes lançamentos masculinos e femininos de jeans. Mas ainda que resgate o passado, a marca está de olho no futuro: o compromisso com práticas sustentáveis na fabricação das peças.

Todos os jeans da Levi’s são feitos para durar por gerações, e com os lançamentos So High Boot, masculino, 70’s High Flare e 70’s High Straight, femininos, não seria diferente. Os dois novos modelos carregam a durabilidade característica das peças da marca, e são feitos de fibras sustentáveis. O trabalho da marca com esse tipo de matéria prima é institucionalizado em sua cadeia produtiva e, junto com outras práticas da Levi’s voltadas à diminuição do impacto produtivo no meio ambiente, compõe sua iniciativa global de sustentabilidade lançada em abril deste ano, batizada de “Buy Better, Wear Longer (BBWL)”, que pode ser traduzida como “Compre melhor, Use por mais tempo”.

Nesta perspectiva, as fibras presentes nos novos modelos são o algodão orgânico ou o TENCEL™ Lyocell. Matéria-prima mais usada pela Levi’s e presente em cerca de 90% de seus modelos, o algodão é cultivado sem fertilizantes, herbicidas ou pesticidas, para garantir a saúde do solo e da água envolvida na produção, além de preço justo para o produtor. A marca é sócia-fundadora da Better Cotton Initiative (BCI), grupo de empresas que se uniu há 10 anos com o objetivo de tornar a cadeia de produtiva do algodão uma prática cada vez mais sustentável, orientando produtores a utilizarem a água com mais eficiência e a diminuir o uso de produtos químicos nocivos.

O TENCEL™ Lyocell é uma fibra suave e respirável feita de madeira sustentável, vinda das árvores de eucalipto ou abetos. Essas espécies crescem rapidamente, por isso seu uso na produção das fibras, que é limpa e segura, tem impacto reduzido na natureza. Além disso, o material também conta com outras vantagens, sendo mais macio que a seda e mais fresco que o linho, e conserva essas características ao compor tecidos mais encorpados como denim.

Olhando para o que a moda propõe, o modelo So High Boot marca uma novidade no mix masculino da Levi’s por ser a primeira calça de cintura alta da marca para os homens. A peça é inspirada nas passarelas masculinas recentes, que mostraram a retomada dos caimentos mais amplos dos anos 70 e, por trazer originalidade ao denim masculino, chega ao mercado como o jeans de grande expressão de estilo para eles. A calça combina cintura alta e caimento slim, com abertura gradual dos joelhos até a barra, formando a silhueta flare. Além dos bolsos maiores, que reforçam a singularidade do modelo.

Já os modelos femininos, 70’s High Flare e 70’s High Straight, foram criados usando a mesma modelagem de peças da década que inspira os novos produtos. A principal referência foram os arquivos de Orange Tab da marca, que englobam as peças mais marcantes e ligadas às tendências de moda de cada período, identificadas com uma etiqueta laranja para se diferenciarem dos modelos clássicos, que carregam a tradicional etiqueta vermelha. Os elementos de moda dos anos 70, resgatados deste histórico da marca, são trazidos para os dois modelos. O 70’s High Flare conta com cintura super alta, caimento ajustado no quadril e abertura gradual em formato flare. Os bolsos ampliados também aparecem na peça. O modelo High Straight traz os mesmos elementos, com a diferença que a silhueta ajustada no quadril se abre num caimento reto até a barra.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here