Home Cinema Festival Internacional de Documentários de Moda em formato híbrido

Festival Internacional de Documentários de Moda em formato híbrido

0

O Feed Dog Brasil – Festival Internacional de Documentários de Moda acontece de 09 a 14 de novembro de forma híbrida,  para todo Brasil, e no Teatro Riachuelo. O festival convida o público a pensar e repensar a moda. O evento conta com 14 títulos internacionais e nacionais, clássicos e contemporâneos, inéditos no circuito, além de talks, debates e oficinas com um seleto grupo de profissionais do universo da moda, trazendo questões essenciais sobre o tema.

A mostra de filmes, as oficinas e os debates tratam desde temas urgentes e necessários até o trabalho de grandes criadores como Christian Louboutin (inédito), Karl Lagerfeld (inédito), Dries van Noten, Fause Haten (inédito), Vivienne Westwood, a história do icônico tênis Air Jordan (inédito), etc.

Além de importantes nomes do mundo fashion o Festival Internacional de Documentários de Moda exibe também o outro lado da moda como “Discount Workers” (inédito), que mostra a transformação de uma mãe doméstica que virou uma ativista influente após o incêndio em uma fábrica têxtil no Paquistão que matou seu único filho e mais 260 trabalhadores; “Advanced Style” (inédito), que retrata a vida de sete nova-iorquinas com idades entre 62 e 95 anos, “True Cost”, sobre o impacto socioambiental que a indústria da moda tem causado no mundo; os nacionais “O Ponto Firme”, de Laura Artigas, sobre um grupo de detentos que aprenderam crochê e criaram a primeira coleção do Projeto para a São Paulo Fashion Week (inédito no circuito e mostra um trabalho incrível criado pelo estilista Gustavo Silvestre com 20 detentos da Penitenciária de Guarulhos-SP).

Aliás, a cerimônia de abertura acontece no dia 09/11, terça-feira, às 20h, no Teatro Riachuelo (com transmissão simultânea), com a exibição de Yellow Is Forbidden, de Pietra Brettkelly, sobre a estilista chinesa Guo Pei, responsável pelo icônico vestido amarelo de Rihanna no MET Gala em 2015. O filme foi candidato ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro indicado pela Nova Zelândia.

Na programação paralela, talks, debates e oficinas com um seleto grupo de profissionais do universo da moda como Yamê Reis, Giovanna Nader, Renata Abranchs, Julia Vidal, entre outros, trazendo questões essenciais sobre o tema, incentivando diálogos e reflexões nas mais diversas expressões artísticas e culturais, nas questões socioambientais e na economia criativa.

Por fim, na sessão de encerramento, será exibido o clássico e necessário Paris is Burning, um marco na cultura LGBTQIA+, no dia 14, seguido de showcase com a “House of Xtravaganza BR” e performance de Voguing.

A programação paralela do FEED DOG BRASIL contou com a consultoria de Yamê Reis, coordenadora do curso de Design de Moda no IED-Rio, e apresenta uma série de debates, talks e oficinas presenciais, realizados no Teatro Riachuelo (RJ), que serão transmitidos simultaneamente no Youtube do festival. As pessoas interessadas podem se informar e se inscrever no site do festival: www.feeddog.com.br .

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here