De 14 a 21 de novembro, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro promove uma série de atividades para celebrar o bioma Pantanal, com jogos, literatura, roda de conversa com música regional, além de culinária típica. A iniciativa faz parte do programa JBRJ Nacional: Biomas, que visa a contribuir para a preservação dos biomas brasileiros por meio da conscientização ambiental, divulgação e disseminação do conhecimento.

De domingo, dia 14, até o fim do evento, dia 21, o restaurante Green Garden inclui no cardápio o Arroz Pantaneiro com carne soleada, um preparo intermediário entre a carne de sol e o charque. Outra delícia típica da região é a Costelinha de Peixe (pacu) Empanada, que será servida como entrada.

Um dia de Jogos sobre o Pantanal está programado para a quarta-feira, dia 17. O Serviço de Educação Ambiental do JBRJ oferece várias atividades lúdicas para crianças de 4 a 8 anos, como jogo da memória, quebra-cabeça e outras, no Museu do Meio Ambiente. Também serão distribuídas cartilhas educativas com informações sobre o bioma.

Já para o público infantojuvenil, tem palestra e sessão de autógrafos com o escritor Délio Galvão, autor do livro “O diário das fantásticas viagens de Giovana #NOPANTANAL”. O livro faz parte da série “O diário das fantásticas viagens de Giovana” (Editora Bambolê), histórias de suspense e aventura em que o autor aborda a importância de preservar os biomas, buscando despertar nas crianças a consciência sobre a necessidade de cuidar da nossa biodiversidade.

A palestra do escritor acontece no sábado, dia 20, às 11h, no Galpão das Artes. Aliás, serão sorteados dois exemplares do livro, que também estará à venda na loja da Associação de Amigos do Jardim Botânico, no Centro de Visitantes. Na loja o público também vai encontrar canecas, cadernos e outros produtos com estampas exclusivas produzidas pela artista Márcia Quintela com espécies do Pantanal.

No domingo, dia 21, está programada uma roda de conversa sobre flora, cultura e música pantaneiras com o pesquisador Geraldo Alves Damasceno Júnior (UFMS). Além de botânico, Geraldo é músico e vai enriquecer a conversa cantando e tocando canções inspiradas na vida dos povos pantaneiros e na beleza da região. O encontro será no Recanto das Mangueiras, às 10h. Em caso de chuva, a atividade será transferida para o Galpão das Artes.

Durante toda a semana, os visitantes também poderão conhecer mais sobre o Pantanal observando as placas indicativas de 15 espécies do bioma que estão presentes no arboreto do Jardim Botânico, os banners informativos e os folhetos distribuídos no Centro de Visitantes. E quem não puder vir, pode acompanhar as postagens da Semana nas mídias sociais do JBRJ, que destacarão as plantas do bioma.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here