Em 1926, Agatha Christie desapareceu por onze dias, sem que ninguém soubesse seu paradeiro. Agora, em seu novo livro “O mistério de Agatha Christie”, a escritora best-seller Marie Benedict especula sobre o que a rainha do suspense teria feito nesse período. A publicação é um lançamento da Editora Planeta, por onde Benedict publicou também “A única mulher”, best-seller do The New York Times.

“Uma história impressionante… O final é engenhoso, possivelmente a explicação mais plausível para o desaparecimento da autora Agatha Christie, por 11 dias, em 1926”, conta o The Washington Post.

Em 3 de dezembro de 1926, a escritora Agatha Christie desapareceu, os investigadores da época encontraram apenas seu carro vazio, abandonado às margens de um lago. As únicas pistas eram as marcas de pneu na estrada próxima e um casaco deixado dentro do veículo, aliás, algo estranho, considerando a noite fria. O marido de Agatha Christie e sua filha não faziam ideia de onde ela poderia estar, além disso, uma operação sem precedentes mobilizou a Scotland Yard, a mídia e toda a Inglaterra na busca pelo paradeiro da autora.

Onze dias depois, no entanto, ela reapareceu, de forma tão misteriosa quanto havia desaparecido, alegando não se recordar de onde estava ou do que tinha feito nesse tempo. Até os dias de hoje, o episódio permanece sem solução.

É esse o pano de fundo de “O mistério de Agatha Christie”, novo romance da escritora Marie Benedict, que especula sobre o que a rainha do suspense teria feito durante esses onze dias. Aos fãs de Christie, esta é uma oportunidade para conhecer mais detalhes da vida pessoal da autora: como conheceu seu marido, como se tornou escritora e como se dava o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, sobretudo em uma época considera hostil às mulheres que ousavam sonhar para além dos limites domésticos.

Em uma narrativa não linear, que mistura o passado do casal Christie e o momento presente do desaparecimento, bem como múltiplos narradores, Benedict escreve a partir de fatos reais e construções ficcionais. A publicação conta ainda com um guia de leitura coletiva e uma entrevista com a autora. Da mesma maneira que os livros de Agatha Christie cativam o leitor, a história em torno de seu desaparecimento estimula a curiosidade: afinal, o que aconteceu com a escritora durante aquele período?

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here