Projeto lança a peça “Trívia”, uma comédia dramática que trata das relações na velhice.

Com a proposta de valorização do autor teatral, o jornalista e dramaturgo Francis Ivanovich lançou em plena pandemia o Concurso Nacional de Dramaturgia Flávio Migliaccio.

Com 120 inscritos, o concurso terá sua premiação no dia 7 de janeiro, às 18h no Teatro Solar de Botafogo, onde o público terá a oportunidade de conhecer os premiados desta primeira edição e o edital para o segundo concurso, com inscrições a partir de janeiro.

Na premiação também haverá o lançamento de dois livros, com seis peças premiadas, nas categorias adulto e infantil, e a estreia do espetáculo teatral “Trívia”, de Danilo Salomão, texto vencedor na categoria adulto. O edital do II Concurso edição 2022, estará disponível no site da Frankfurt Produções e em suas respectivas redes sociais, descrevendo as regras e premiações. As inscrições são gratuitas e ficarão abertas de 07/01/2022 a 04/03/2022.

A ideia de dar o nome do ator Flávio Migliaccio, falecido em 2020, ao concurso foi uma forma, segundo Francis Ivanovich, de concretizar um sonho antigo de prestar uma homenagem ao ator que é muito querido por uma geração, além de ser muito importante para a dramaturgia brasileira, além disso, Migliaccio chama a atenção para a valorização do autor e do texto teatral.

“Foi, certamente, uma vitória lançar este concurso em meio a tantas dificuldades e estar hoje comemorando o sucesso do primeiro concurso e anunciando a segunda edição. Me sinto feliz de poder prestar essa homenagem ao Flávio Migliaccio” completa Francis.

O II Concurso Nacional de Dramaturgia Flávio Migliaccio, criado por Francis Ivanovich, é organizado pela Frankfurt Produções, em parceria com o Teatro Solar de Botafogo, e a Editora Funilaria. Agora, em 2022 conta com o patrocínio da Lei do Fomento ISS do Rio de Janeiro, através da empresa CNS Nacional de Serviços.

Foram seis peças vencedoras. Na categoria adulto, o primeiro lugar ficou com “Trívia”, de Danilo Salomão, que assina também a direção do espetáculo, ele venceu o I Concurso Nacional de Dramaturgia Flávio Migliaccio. O Centro Cultural Solar de Botafogo ofereceu como prêmio principal a cessão gratuita do espaço para a temporada do grupo do interior paulista.

O segundo com “O trabalho das Aranhas” (Antônio de Medeiros) e o terceiro com “Aos Sábados” (Adyr de Paula). Na categoria infantil foram “Panapaná” (Pablo Kaschner) em primeiro lugar, “Rapsódia da Banana-da-Terra” (Luiz Carlos Laranjeiras) em segundo e em terceiro “Quanto mar cabe em mim? “(Leonardo Ferreira Gomes).

Esses textos foram reunidos em duas publicações que serão lançadas no dia 7. Os livros em homenagem ao ator Flávio Migliaccio são “O Super Tio”, com textos voltados para o público infantil, e “Rio Bonito”, voltado para adultos. Ambos são coletâneas dos textos premiados.

Flávio Migliaccio
Foto: Rosane Benazi

 Sobre o espetáculo escrito pelo dramaturgo paulistano Danilo Salomão, “Trívia” estreia será no dia 07 logo após a premiação dos autores.

Encenada pela Cia. Bambolina, grupo teatral do estado de São Paulo que faz sua estreia nos palcos cariocas, a peça é uma comédia dramática que trata das relações na velhice. A peça fica em cartaz durante todo o mês de janeiro, no Teatro Solar de Botafogo, com sessões às sextas e sábados sempre, às 21h.

 A velhice, seus anseios, medos, a saudade e suas esperas são delineadas cena a cena. A ideia central da montagem coloca os idosos como protagonistas e leva o público a transformar a maneira de olhar e colocar em pauta a humanidade dessas personagens que, independente da idade, tem desejos, frustrações e sonhos.

Curiosamente, a temática se aproxima do último trabalho de Flávio Migliaccio no Teatro quando, representando a si mesmo, estabelece uma diálogo com “Deus” e com ele compartilha seus sonhos, esperanças, frustrações e utopias.

“Trívia” conta a história de Alzira, Geraldo e Leopoldo, amigos com mais de 80 anos e décadas de convivência que têm em comum a rotina, as manias e ranzinzices. São caminhos distintos que se encontram em determinado ponto da vida e agora dividem o tempo que resta. É o peso da vida amparado na leveza da amizade embalada por músicas, flores e panelas.

SERVIÇO:
“Trívia”
Datas: 07 à 29 de janeiro de 2022
Local: Teatro Solar de Botafogo (Rua General Polidoro, 180 – Botafogo)
Horário: 21h
Duração: 80 min.
Ingressos pela Sympla
Classificação: 12 anos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here