Cura
Foto: Leo Aversa

Deborah Colker dedicou seu tempo, nos últimos anos, a buscar uma cura, aliás, no caso, uma solução para a doença genética que seu neto tem, a epidermólise bolhosa. Assim, nasceu o novo trabalho da Cia. Deborah Colker, um espetáculo que vai muito além do aspecto autobiográfico. “Cura” trata de ciência, fé, da luta para superar e aceitar nossos limites, do enfrentamento da discriminação e do preconceito.

Confira entrevista com Deborah Colker sobre o espetáculo!

A coreógrafa concebeu o projeto em 2017, mas foi no ano seguinte, com a morte de Stephen Hawking, que encontrou o conceito. Embora acometido por uma doença degenerativa, a Esclerose lateral amiotrófica, o cientista britânico viveu até os 76 anos, além de ter se tornado um dos nomes mais importantes da história da física, assim,
Deborah percebeu que há outras formas de cura além das que a medicina possibilita.

 A dramaturgia do espetáculo é do rabino Nilton Bonder, além disso, a trilha original é de Carlinhos Brown.

SERVIÇO
Teatro Casa Grande (Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – a – Leblon)
Estreia: A partir de 27 de janeiro
Quinta a sábado, 20h30; Domingo, 18h.
Duração 1h15 MINUTOS (sem intervalo)
Classificação LIVRE

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here