Laura Laguber
Foto: Rodrigo Ramalho

Considerada a nova voz do forró carioca, a cantora e compositora Laura Laguber mostra toda sua versatilidade e desenvoltura em seu novo trabalho autoral “O Forró Astral de Laura Laguber”, show em que comemora o lançamento do álbum autoral, “Sonhar de Novo”, disponível em todas as plataformas digitais.

A artista carioca apresenta o resultado do processo que viveu nos últimos anos quando, em meio à bruta realidade social e as transformações na vida pessoal, escolheu o caminho das artes, da transmutação espiritual e dos sonhos para se dedicar.

Sua força e inspiração vem de uma paixão antiga pela dança e pelos ritmos nordestinos como o xaxado, o baião e o xote e das carreiras de mulheres como Anastácia (cantora e compositora, considerada a grande “Rainha do Forró”) e Marinês (nomeada a “Rainha do Xaxado” por Luiz Gonzaga, na década de 1950).

Aliás, além de forró, Laura compõe em outros gêneros musicais, como o samba e o bolero, que também estarão presentes nos shows de lançamento do novo álbum, junto às bandas convidadas Panela Di Barro (grupo carioca de samba e choro) na sexta-feira e Saoko (banda de ritmos latino-americanos formada por músicos de Venezuela, Colômbia e Brasil) no sábado, para somar no astral dessa grande festa. No domingo, as participações especiais são do zabumbeiro Durval Pereira e da cantora Tati Veras. Cada dia um show diferente.

No repertório, entram músicas de sua autoria como os xotes “Eu No Nem Sou” (com influência das bandas de Rock americanas dos anos 70), “Eu Quero Seguir” (produzidas por Rodrigo Ramalho) e “Sanfona, Sol e Lua” (produzida pelo músico Guto Wirtti), o xaxado “Daqui de Dentro” (lançada em 2020 no YouTube com a banda Dois Dobrado, de São Paulo), “Samba Inspiração” (parceria com o jornalista e produtor cultural Alexandre Nadai), a balada “Sonhar de Novo”, que dá nome ao álbum, entre outras canções conhecidas do grande público como “Vem, Morena” (Luiz Gonzaga/ Zé Dantas), Sebastiana (Rosil Cavalcanti), Galope Rasante (Zé Ramalho), e versões em xote criadas pela artista para “La Vie en Rose” (Édith Piaf/ Louis Guglielmi) e “Como Nossos Pais” ( Belchior).

SERVIÇO:
Local: Teatro Municipal Cacilda Becker (Rua do Catete, 338 – Catete, Rio de Janeiro)
Datas: 18, 19 e 20 de Fevereiro (sexta e sábado às 20h | domingo às 19h)
Convidados:
Sexta 18/02 – Grupo Panela di Barro (samba)
Sábado 19/02 – Saoko (ritmos latinos)
Domingo 20/02 – Durval Pereira e Tati Veras + surpresas
Classificação etária: livre
Lotação: 80 lugares

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here