Recheada de situações cômicas absurdas, a peça conta com pitadas de humor político.

o homem que queria ser Rita C
Foto: Carlos de Moraes

Com texto de Márcio Américo, direção de Fábio Guará e supervisão artística de Ricardo Blat, “O Homem que queria ser Rita Cadillac” comemora 10 anos de montagem. Em comemoração aos 15 anos da Tartufaria, a comédia de Márcio Américo retorna aos palcos cariocas em curta temporada.

O programa de televisão Cassino do Chacrinha foi, certamente, foi um marco para os anos 80. Além das apresentações musicais e dos shows de calouros, a atração ficou conhecida também pelas belas assistentes de palco: as famosas chacretes. Entre as mais de 500 mulheres que passaram pelo programa, estava a irreverente Rita Cadillac, inspiração da peça “O homem que queria ser Rita Cadillac”.

A Tartufaria de Atores surgiu de um grupo de jovens atores que sonhava estar em cartaz no Rio de Janeiro, a Cia. sempre escolheu textos cujos nomes causam certo estranhamento como “O Homem que Queria ser Rita Cadillac”, a primeira montagem do grupo.

Sobem ao palco atores experientes e considerados promessas do humor nacional como: Celso Jardim, Daniel Bouzas, Andrey Lopes, Fábio Guará, Patryk Moura e Eduardo Cravo, que contam com a participação especial de Carol Zanqui.

A trama se desenvolve a partir da história de Clovão, um pobre brasileiro morador do subúrbio carioca e que alimenta um amor platônico por Rita Cadillac. Justamente por causa desse sentimento, Clovão decide desbravar o mundo do crime. O objetivo: se tornar rico e dar à Rita uma vida de luxo. Para isso, ele e seu amigo Ricardinho resolvem assaltar um banco, porém, o plano falha e Clovão vai preso. Na cadeia, ele conhece Jotalhão, um matador romântico dos anos 70 que deixa a história ainda mais inusitada e, claro, engraçada.

Serviço:
Local: Cine Joia (Av. Nossa Sra. de Copacabana, 680 – Copacabana)
Temporada: Sábados – de 12 a 26 fevereiro, 20 horas
Capacidade: 84 lugares
Duração: 60 minutos
Classificação: 14 anos
Obrigatório apresentar comprovante de vacinação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here