A Tartaglia Arte recebe a exposição “LAGEANDO” na Galeria 221 de Melinda Garcia, no Shopping Cassino Atlântico até o dia 12 de abril de 2022. A coletiva com artistas plásticos de diversos estilos conta com nomes já consagrados como Ana Catarina Hallot, Chris Acyoli, Geraldo Cassimiro, Geraldo Lamego, Isabel Roberts, José Luiz Carlomagno, Maristela Guerra, entre outros, que “lagearam” pela Escola de Artes Visuais do Parque Lage em algum momento de suas trajetórias.

Diante de tantas urgências, num mundo fraturado e em franca transformação, a EAV Parque Lage propõe uma discussão pública em torno da potência da imaginação, da realização e da criação. As conversas provocam uma reflexão crítica sobre as ideias e formas que realizamos no mundo. É o que significa ‘lagear’.

Desde sua fundação, a EAV desenvolve programas de ensino em arte voltados para a formação de artistas, curadores, pesquisadores e interessados em estabelecer ou aprofundar o contato com a arte. Fundada por Rubens Gerchman em 1975, a EAV passou a ocupar a mansão em estilo eclético, tombada pelo IPHAN como patrimônio histórico e paisagístico, substituindo o Instituto de Belas Artes. Projetada pelo arquiteto Mario Vodret em 1920, a residência do armador brasileiro Henrique Lage e sua esposa, a cantora lírica italiana Gabriela Besanzoni, foi tomada pela efervescência cultural gerada pelo modelo de escola aberta – um espaço para novas concepções estéticas – implementado por Gerchman.

“Como nos ensinou o magistral Gustave Flaubert, numa frase aparentemente óbvia e simples, mas eivada de sofisticação e significado: “Ce que j’aime dans la peinture c’est la peinture”. É o “como” se sobrepondo ao “o quê”, o processo criativo superando a arte acabada, o vir a ser mais importante que o sido. Percepção de um gênio.” (Prof. José Luiz Carlomagno)

E no dia 10 de maio, a ‘finessage’ do projeto ‘Lageando’, encerra a exposição com a presença dos artistas das duas mostras – Lageando e Lageando II, confirmando a importância histórica e cultural da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, por onde ‘lagearam’ diversos estilos em diversas épocas, propondo sempre uma reflexão crítica sobre suas ideias e formas de realizar o mundo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here