Espaço faz uma homenagem ao cantor Toquinho, compositor de “Aquarela”.

A Faber Castell apresenta a exposição “O Lápis mais criativo do mundo”, com instalações e obras de diversos artistas renomados, no Museu da Língua Portuguesa, em SP. Com o intuito de mostrar a importância do processo criativo através dos rascunhos feitos por todos os artistas, antes de qualquer execução de um projeto, a exposição conta com grandes nomes da cena cultural.

O espaço artístico da Faber Castell conta com participação de artistas de vários universos diferentes como moda, arquitetura, quadrinhos, música e cultura Pop como Alexandre Herchcovitch que esboça suas ideias de confecção de roupas por meio de croquis, já  Mauricio de Souza, desenha seus quadrinhos e até mesmo bonecos 3D por meio de testes feito com papel e lápis de grafite.

No espaço “Os Lápis que fizeram história”, os visitantes encontram uma instalação multimídia no formato de livro digital com rascunhos inéditos de grandes invenções mundiais, entre elas: um esboço do 14 Bis de Santos Dumont; o Manuscrito da Missões Folclóricas de Mário de Andrade; e o Orelhão, criado por Chu Ming Silveira entre outras.

"O Lápis Mais Criativo do Mundo"
Crédito: @mdfilme

A mostra conta também com um espaço dedicado a expoentes da comunidade artística. Em Os Lápis Fazendo Arte estão os primeiros rascunhos dos personagens Bidu e Franjinha (da Turma da Mônica), de Mauricio de Sousa, e obras inéditas, criadas a partir de esboços a lápis, das artistas plásticas Regina Silveira, da drag queen amazônica Uýra Sodoma e intervenções multimídia do artista digital VJ Suave.

Aliás, a famosa música “Aquarela” do cantor Toquinho foi popularizada em 1983 por meio do comercial da Faber Castell e claro que não poderia deixar de ser prestigiada na exposição! As folhas com o rascunho original escrito em papel e lápis seguem intactas e disponíveis para o público, além do trabalho de diversos outros artistas brasileiros.

  São cerca de 40 obras criadas apenas com o lápis, além de contar com experiências sensoriais e multimídia, oferecendo assim um ambiente imersivo e conectado à criatividade. Além disso, os visitantes têm acesso a conteúdos inéditos de grandes artistas e personalidades brasileiras, criados a partir de um mesmo ponto de partida: um esboço a lápis.

Entre as obras estão uma escultura de 1,70 m feita de lápis do artista Eduardo Srur; uma Prece da Criatividade, criada pelo Padre Fábio de Melo; e curiosidades como o esboço do 14 Bis do Santos Dumont; os primeiros rascunhos de personagens do Mauricio de Sousa; e o original da Música ‘Aquarela’, de Toquinho.

A exposição, certamente, celebra o poder da criatividade em todo e qualquer território, e destacar a importância que o lápis tem para inspirar grandes obras, inovações, criações e objetos.

Com entrada gratuita, “O Lápis Mais Criativo do Mundo” acontece entre 8 de março e 3 de abril, no Museu da Língua Portuguesa em SP.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here