Orquestra Johann Sebastian Rio
Foto: Ana Clara Miranda

A arrojada Orquestra Johann Sebastian Rio se apresenta na Sala Cecília Meireles, com a participação da soprano Nivea Freitas e do contra-tenor Savio Faschet, sob regência do seu diretor artístico Felipe Prazeres. A orquestra apresentará obras de Giovanni Battista Pergolesi (Stabat Mater), Paul Hindemith e Wolfgang Amadeus Mozart, um programa que vai ao encontro do objetivo do grupo em divulgar os clássicos em sintonia com o mundo contemporâneo.

Fundada em 2014 por Felipe Prazeres junto com os violistas Eduardo Pereira e Ivan Zandonade, e, posteriormente, com a produtora Vanessa Rocha, a Orquestra Johann Sebastian Rio foi a primeira orquestra brasileira a ter sua estreia primeiramente na internet, além disso, a orquestra é reconhecida por suas interações com a literatura, a dança, teatro e por ter forte atuação no audiovisual, produzindo curtas roteirizados e vídeos musicais.

Para João Guilherme Ripper, compositor, maestro e diretor da Sala Cecília Meireles, a orquestra é uma das melhores novidades da música de concerto nos últimos anos, “Seus músicos fazem parte de uma geração brilhante, que alia juventude, excelente técnica, musicalidade, compromisso com a qualidade e um entusiasmo contagiante”, diz ele.

Para esta apresentação específica, Ripper optou em criar um programa que coloca em evidência algumas das virtudes da Johann Sebastian Rio. “Estou certo de que a densa textura contrapontística das obras de Pergolesi, Hindemith e Mozart será amplamente favorecida pela transparência das cordas. Assim como a dimensão poética do sagrado e do drama estará presente na interpretação do “Stabat Mater””, conclui.

SERVIÇO:
Orquestra Johann Sebastian Rio na Sala Cecília Meireles
Dia 1 de abril, sexta-feira – horário: 19h
Dia 2 de abril, sábado – horário: 16h
A Sala Cecilia Meirelles fica no Largo da Lapa, 47
Ingressos pelo site
Classificação livre

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here