O FIDS – Festival Internacional Denise Stoklos de Solo Performance 2022 se diferencia pela singularidade em privilegiar trabalhos de solo performance e com viés de experimentação e contemporaneidade. A programação do 2º FIDS é inteiramente gratuita e on-line, acontece de 2 a 8 de maio (de segunda a domingo) e traz diariamente, durante os sete dias de evento: espetáculos, Mostra de Solos Performances, Palco Aberto, Cine-Teatro, palestras, oficinas, masterclass e mais.

O festival foi elaborado com base nos princípios do Teatro Essencial criado pela dramaturga e atriz, que leva ao evento seu olhar pela curadoria, além do desejo pessoal de ampliar os espaços para o teatro solo.

Toda a programação será exibida pela plataforma Zoom, sendo que para cada atração ou atividade há limite de público de 100 espectadores, já as oficinas oferecem de 15 a 20 vagas para participantes e as demais vagas como ouvintes. Além disso, o FIDS busca compartilhar pesquisas artísticas, oferecer atividades formativas e proporcionar reflexões e trocas de experiências estéticas, políticas, poéticas e éticas.

Denise Stoklos participa ativamente do festival com apresentação de espetáculos, em conversas com convidados, com palestras inéditas e com o conteúdo exclusivo do seu acervo que será exibido no Cine-Teatro, além de receber o público ao vivo na festa on-line de encerramento.

Concebidas exclusivamente para o público do FIDS, duas palestras ganham destaque pelo conteúdo especial inédito: “Memórias” onde Denise traz reflexões sobre a cultura e “Arte como potência de libertação” em formato de entrevista.

Entre os nomes internacionais, participam Nadja Marcin (Alemanha), Anna Deavere Smith (EUA), Vivi Tellas (Argentina), Tiago Cadete (Portugal), Omi Ariel (Chile), Carolina Virgüez (Brasil-Colômbia), Perla Tarello (Argentina). O Brasil estará bem representado por grandes profissionais da arte, entre os convidados nomes como Elias Andreato, Clarisse Abujamra e Luiz Rufino.

A rica programação segue ao longo da semana e traz seis espetáculos com artistas de longa trajetória e reconhecimento, que ganham destaque no FIDS (a partir das 19h). Serão exibidos “Vendo gritos e palavras” de Denise Stoklos, peça que traz textos de Julio Cortázar; “Notas do campo” de Anna Deavere Smith, sobre o racismo no sistema educacional norte-americano e o premiado “Van Gogh” do diretor e ator paulistano Elias Andreato. “Susuné, contos de mulheres negras da atriz colombiana Carolina Virgüez, discutindo questões relativas à memória, identidade cultural e pertencimento latinoamericano; “Quixeramobim” do artista baiano Ricardo Castro, que visita a linha tênue que separa realidade e ficção e “Manifesto!!!” da performer e videoartista paulistana Estela Lapponi, que traz o registro do corpo nestes tempos pandêmicos, expurgando a fragilidade humana diante de um vírus.

A Mostra de Solos Performances ocorre diariamente (entre 17h e 18h) e sempre é aberta por um artista convidado, com nomes promissores da nova geração de artistas. Nesta seleção estão Luca Borja Lima (Demos), Wander B. (O inferno é um espelho da borda laranja), Wallace Dutra (Comitê do sonho – [work in progress de ‘(seja realista) peça o impossível’), Perla Tarello (Absurdo Poder – Transformación), Marcos Americano (Eu sou Machado de Assis) e Raíssa Negroni (Aranha). A Mostra também trará apresentações solo de outros artistas selecionados por todo o Brasil e de outros países, que se inscreveram por convocatória aberta do festival.

O público também poderá participar do FIDS 2022 pelo Palco Aberto, que funcionará como um “sarau”, onde o participante pode se inscrever momento antes de se apresentar (com monitoria da equipe do evento), para performar por até cinco minutos com textos, manifestos, poemas, reclamações, provocações, indagações ou o que desejar expressar. O Palco Aberto busca oferecer um livre espaço de expressão, ao vivo e online, em duas sessões, classificação livre (das 13h às 14h) e para maiores de 18 anos (das 22h às 23h).

 Oficinas variadas estão disponíveis na programação, para artistas e público geral, com uma hora de duração e classificação indicativa a partir de 15 anos. Ministradas por profissionais experientes e trabalhando temáticas como solo performance, criação em vídeo-performance, corpo e voz, dramaturgia, hibridismo nas linguagens artísticas, narrativas, dentre outros.

As palestras também fazem parte do eixo formativo do festival, oferecidas em formato híbrido entre narrativa e entrevista, serão interativas e com mediação – acontecem diariamente das 10h até 12h, pela manhã com convidados de reconhecida trajetória compartilhando suas experiências, e durante a tarde, das 14h até 15h, com conversas entre o diretor do festival Davi Giordano e artistas diversos sobre temáticas de solo performance.

Já o Cine-Teatro entretém os espectadores noite adentro (das 23h às 01h) com exibições diárias de vídeos do acervo do Teatro Essencial, memórias e documentações audiovisuais com entrevistas e muito mais; como uma TV online que complementam a programação do evento com muita informação e conteúdo sobre o tema.

Serviço:
2ª FIDS – Festival Internacional Denise Stoklos de Solo Performance
Data: de 2 a 8 de maio de 2022 (de segunda a domingo)
Horário: a partir das 10h
Onde: pela plataforma Zoom
Mais informações, acesse www.fidsfestival.com
Gratuito

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here