CCBB inaugura às vésperas do dia em que se comemora a descoberta do Brasil, exposição sobre preciosidades da cartografia.

MapaA mostra “Brasil no [Centro do] Mapa” , com curadoria Paulo Protasio, reúne 22 mapas que revisitam a realidade física desde o século XVI até os dias atuais, colocando o país em posição central no mundo. Aliás, a exposição faz parte da agenda de celebrações do Bicentenário da Independência do Brasil e dos 30 anos da Eco-92, com a realização da Rio2030. Além disso, a conferência funcionará como um polo de mobilização pelo desenvolvimento sustentável junto à sociedade brasileira e à comunidade internacional, com foco na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Aliás, vale comentar que o curador da mostra, Paulo Protasio, é presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços do Brasil (Cisbra) e diretor executivo da Autoridade de Desenvolvimento Sustentável

“Cartografias de incomensurável valor histórico” estarão em exibição, como o Planisfério de Juan de la Cosa, de 1500 (o primeiro a mostrar o continente americano) e o Mapa de Alberto Cantino, de 1502.

Além disso, uma das joias da mostra é a cartografia de Anna Bella Geiger, com a apresentação de um vídeo inédito e três obras de cartografia. Há ainda a apresentação de quatro mapas temáticos: emissão de CO2 por habitante, lixo plástico, unidades de conservação e energias renováveis.

A geografia não pode ser subestimada, já que ela nos dá respostas sobre passado, presente e futuro. A questão ambiental traz a dimensão da interdependência e um olhar para além das fronteiras. É preciso, certamente, evidenciar que somos parte de uma relação que não é somente Atlântica.

A exposição sobre preciosidades da cartografia desde o século XVI, traz obras inéditas da Anna Bella Geiger, que participa da exposição com um trabalho único de mapas, pelos quais é conhecida no mundo.

Como parte da programação da exposição Brasil no [Centro do] Mapa será realizado um seminário de três dias sobre o rico tema, na última semana de maio e primeira semana de junho de 2022. Exposiçao contará com visitas mediadas pelos arte educadores do CCBB e o visitantes ganharão cartões postais com mapas históricos para levar de lembrança.

A exposição “Brasil no [Centro do] Mapa” fica aberta ao público de forma gratuita até o dia 30 de junho. O CCBB funciona às segundas-feiras (não abre as terças) e de quarta-feira a sábado das 9h às 21h. Aos domingos, o horário é das 9h às 20h.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here