CopacabanaDepois de um período difícil para a cultura, o Rio de Janeiro se renova e ganha um novo espaço dedicado exclusivamente às artes, em Copacabana. A Real Galeria de Arte Contemporânea abre as portas, em Copacabana, a partir de 02 de junho.

Na estreia, o público poderá conferir  44 obras pinçadas da Coleção Armando Sampaio. A exposição reúne desenhos, serigrafias, gravuras, pinturas e esculturas dos artistas contemporâneos Ivan Serpa, Aluísio Carvão, Paulo Roberto Leal, Ferreira Gullar, Lothar Charoux, João José Costa, Milton Dacosta, Abraham Palatnik, Hélio Oiticica, Décio Vieira, Almir Mavignier, Mana Bernardes, Neide de Sá e BB Schmitt.

Aliás, o artista Ivan Serpa, líder do Grupo Frente e mestre do neoconcretismo, vem representado por 28 obras de diferentes fases de sua carreira. Entre os trabalhos estão obras do período da ditadura no Brasil e sua admiração pelo universo feminino. “Ele foi um homem que amou as mulheres, sempre com muito respeito, e isso é muito claro em sua trajetória”, explica Armando Sampaio, que também é curador da exposição.

À frente da galeria, Jairo Coelho de Araújo pretende tornar a arte mais democrática com a abertura do novo espaço. “É função social levar a arte, tão prejudicada na pandemia, para a população. Pretendemos criar um ambiente de encontros e trocas de informações. A cultura precisa resistir a tudo que estamos passando”, diz. “Uma coleção deve ser mostrada sempre que possível. Ela pertence a todos, pertence à nossa cidade”, orgulha-se o colecionador Armando Sampaio.

Serviço
Visitação: 2 de junho a 15 de agosto. De segunda a sexta-feira, das 12h às 17h. Os horários também podem ser agendados pelo telefone (21) 2546-6565.
Local: Real Galeria de Arte Contemporânea (Av Princesa Isabel, 500, Copacabana, dentro do Real Residence Hotel)
Entrada gratuita

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here