Academia Brasileira de LetrasApós um longo hiato devido à Covid-19 e com o maior controle da pandemia, a Academia Brasileira de Letras retornará com as visitas guiadas gratuitas e abertas ao público a partir de 11 de maio. O agendamento é obrigatório e as escolas podem se inscrever, além de outras instituições.

As visitas guiadas são uma forma de levar os visitantes a uma viagem no interior da sede da ABL, construção que é uma réplica do Petit Trianon francês, situado em Versalhes. Fatos são narrados e histórias curiosas da vida e obra dos Acadêmicos são contadas e cantadas por um grupo de atores profissionais. Elas serão realizadas todas às quartas-feiras das 14h às 15h (exceto feriados).

O agendamento deve ser feito de forma on-line. As vagas serão disponibilizadas a cada semana pelo site da ABL e os grupos não podem ultrapassar 50 pessoas. Das vagas disponíveis, 40 serão destinadas às escolas e 10 para o público geral. A idade mínima é de 12 anos. Quanto às inscrições das escolas, cada ingresso contempla um grupo de 40 pessoas.

A visita é feita ao Petit Trianon, réplica exata do Palácio de mesmo nome, pavilhão de caça da rainha Maria Antonieta, em Versalhes, França. Aliás, o prédio foi construído para abrigar a representação daquele país na Exposição Comemorativa do Centenário da Independência do Brasil em 1922. No ano seguinte, 1923, o governo francês o doou à ABL, que passou a ter uma sede fixa. Nele são realizadas as sessões acadêmicas e as solenidades comemorativas. Entre elas, a posse de um novo membro e o chá das quintas-feiras.

Além disso, o visitante tem a oportunidade de conhecer, ainda, os salões que compõem o Petit Trianon, como a sala de trabalho de Machado de Assis e o Salão Nobre, onde são feitas as cerimônias acadêmicas. A atuação dos atores permite que o público faça um passeio pelo tempo e história da fundação da Casa, relembrando os grandes nomes da literatura brasileira.

A Academia Brasileira de Letras fica na Avenida Presidente Wilson, 203, Castelo. Telefone: 3974-2500 .

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here