A história de como a receita italiana conquistou o país ganha as paginas de “Uma Fatia da Itália”! A especialista em gastronomia, Flávia G. Pinho lança obra sobre a popularização desse requisitado prato europeu no Brasil.

Estica daqui, puxa dali, uma massa com bordas enroladas em formato circular. Adicione o molho, queijos e temperos, alguns minutos de forno e habemus pizza! Este prato que se tornou um dos preferidos dos brasileiros agora tem sua história contada no livro “Uma Fatia da Itália”, com lançamento pela Matrix Editora.

Na obra, Flávia G. Pinho, jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora de História da Alimentação, relembra a chegada da receita italiana em terras brasileiras, o processo de conquista do paladar tupiniquim e apresenta ao leitor as adaptações feitas por pizzaiolos do país.

Inicialmente consumida pela população mais pobre da Itália, especialmente operários do Sul do país, a pizza demorou para agradar as classes mais abastadas. Vendida nas calçadas da cidade de Nápoles, a refeição chegou ao Brasil antes mesmo de se popularizar no país de origem.

A pizza desembarcou por aqui em 1910, com a vinda dos italianos do Sul que, diferentemente dos moradores da região Norte, preferiam a vida na cidade ao invés do campo. Longe de casa, faziam pizzas de forma improvisada para matar a saudade da comida italiana.

Em território brasileiro, o prato passou por uma transformação em função da carência de ingredientes e limitações técnicas. Da massa ao tipo de forno, passando pelas coberturas, tudo mudou ao longo do tempo. Enquanto os pizzaiolos italianos adicionavam molho, queijo e algumas folhas de manjericão, os brasileiros adicionavam à receita outros ingredientes que tinham à disposição.

Resultado de três anos de pesquisa, entrevistas com pizzaiolos, historiadores e proprietários de pizzarias, “Uma Fatia da Itália” conta a história do prato que arrebatou o coração dos brasileiros. Aliás, o livro é ilustrado por ensaios exclusivos do fotógrafo Caio Ferrari.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here