Do autor japonês Sosuke Natsukawa, o fenômeno editorial no Japão, “O gato que amava livros” chega às livrarias pelo selo Outro Planeta.

O livro, que vendeu milhões de cópias e foi publicado em 30 países, fala sobre o imenso poder da literatura e a importância de cuidar de si e dos outros.

Na história, a livraria Natsuke era uma loja de livros usados quase fora da cidade. Quem passava por lá via estantes que iam do chão até o teto, abarrotadas das mais maravilhosas obras literárias. Rintaro Natsuki amava aquele lugar, erguido pelo trabalho do avô que o criou, com todo o seu coração — passou muitas horas felizes lendo o que desejava por aqueles corredores. A livraria era o refúgio perfeito para o garoto doce, porém recluso.

Depois que o avô morre, Rintaro percebe-se só e arrasado: tudo indica que ele precisará fechar a livraria. É quando surge um misterioso gato malhado, de nome Tigre, que pede a ajuda do garoto. O gato deve encontrar um verdadeiro amante dos livros para acompanhá-lo em uma missão. A improvável dupla, então, enfrentará três aventuras mágicas para resgatar livros aprisionados, maltratados e abandonados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here