Depois de apresentar o novo single, “Sharks”, a banda Imagine Dragons está de volta com o álbum “Mercury – Act 2”, a segunda parte do disco duplo do grupo. Aliás, em uma publicação no Instagram, o vocalista Dan Reynolds falou sobre o significado da segunda parte do álbum. “Mercury 1 era primordialmente focado no choque de perder uma pessoa amada. O imediato sentimento de vazio, “Mercury – Ato 2″ foca primeiramente na vida depois da perda.  Que esse álbum traga a vocês, alegria. Ele me trouxe alegria. E vocês me trazem alegria. Agradeço a todos por nos escutarem por todos esses anos”, finalizou.

O conjunto de 18 faixas inclui o single “Bones”, lançado anteriormente, bem como “Ferris Wheel”, “Peace of Mind”, “Sharks” e “I Don’t Like Myself”. Como o próprio nome sugere, “Mercury – Act 2” é a continuação do álbum “Mercury – Act 1”, apresentado em setembro passado, que traz os singles “Follow You” e “Wrecked”, bem como a faixa “Enemy”, colaboração de sucesso com o rapper J.I.D., que hoje ultrapassa a marca de mais de 1.2 bilhão de streams globais.

Em “Mercury: Act 1”, a banda se posicionou de uma maneira sem filtros como nunca antes, ao convocar o produtor Rick Rubin para colaborar no projeto.  Rick já produziu Red Hot Chilli Peppers, Rage Against The Machine, Beastie Boys, entre outros.

O grupo enviou não só algumas dezenas, mas 100 músicas para que o produtor avaliasse e o quarteto ficou maravilhado com o retorno. Juntos, no estúdio do produtor, eles tiveram conversas francas sobre cada detalhe.

“Ele não tinha medo de compartilhar o que não gostava. O mais importante era que ele dizia coisas como ‘não sinto que você está sendo honesto comigo nesse verso’”, relembra Reynolds.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here