Plataforma de impacto sociocultural promove diversidade cultural pelo RJ.

Play FestivalO Play Festival ocupará cinco regiões do Rio de Janeiro entre 01 de agosto a 03 de setembro de 2022, com cinco instalações artísticas comissionadas, expostas em diversos espaços públicos da cidade. Além disso, o Play Festival se desdobra em uma série de ações e atividades que promovem experimentação e reflexão a partir das infâncias e juventudes, da cidade e suas diversidades. Aliás, o projeto se desdobra em diferentes ações que acontecem de forma descentralizada, promovendo diálogos e conexões com diversas localidades da cidade.

Durante todo o mês de agosto, o público será estimulado a se deslocar, interagindo de forma livre com as instalações. A cada semana o festival desembarca em uma das cinco regiões oferecendo às crianças, jovens e famílias uma programação criada a partir das obras e dos territórios que elas ocupam, com performances, debates, programas educativos, oficinas e rodas de conversa.

“O Play Festival foi criado a partir de algumas experiências artísticas que venho realizando, somado a experiência da maternidade e da minha atuação nos campos da arte e cultura nos últimos anos. O projeto foi elaborado através de um trabalho de pesquisa, mobilização e articulação territorial, em conversas com crianças e jovens, instituições culturais, sociais, lideranças e artistas de diferentes localidades, triangulando os diversos atores sociais para construção de um projeto que estivesse em diálogo direto com cada território, e através da arte, pudéssemos dialogar com a cidade, suas infâncias e juventudes”, comenta Tathiana Lopes.

 O PlayLab é uma residência Imersiva em Fruição Artística e Produção Cultural, realizada entre maio e julho de 2022, que oferece ferramentas que estimulem a formação de jovens artistas, criadores e pesquisadores de arte. Voltado para jovens entre 18 e 29 anos moradores da cidade do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense, o programa selecionou dez participantes da residência para compor a programação do Play Festival.

O Play Festival acontece durante 5 semanas em 5 diferentes territórios do Rio, o projeto convida artistas, educadores, pesquisadores, crianças e jovens para uma programação intensa.

De 01 de agosto a 03 de setembro, instalações Urbanas estarão na Praça Largo do Machado na divisa entre os bairros do Flamengo, Catete e Laranjeiras, na Praça Mauá no Centro, no Parque Madureira, no Zonas de Cultura Madureira, o Marco XI em Santa Cruz e o Complexo Oscar Niemeyer em Duque de Caxias.  Aliás, as instalações contam, de domingo a domingo, com a presença de arte educadores que mediam interações com público e as escolas e instituições sociais convidadas.

 A cada sábado o festival desembarca em um desses territórios, levando uma programação composta por artistas locais, com diferentes expressões artísticas criadas a partir das instalações, em parceria com os espaços culturais e museais como o Oi Futuro Flamengo, Museu de Arte do Rio – Mar, Arena Fernando Torres, Ser Cidadão, Biblioteca Pública no Complexo Cultural Oscar Niemeyer.

Oficinas e atividades também são propostas pelo Programa Educativo que propõe um conjunto de ações criadas a partir das instalações, e que irão dialogar com os diferentes espaços que elas ocupam, estimulando uma articulação entre territórios – instituições culturais – escolas, a partir das temáticas centrais do Play.

Será dividido em diferentes ações direcionadas aos diversos públicos, com foco na criança, no jovem e suas famílias. Com o objetivo de estimular e reconhecer através da arte, as diferentes percepções sobre o território, como esses espaços se inter-relacionam, e como nos relacionamos com esses espaços.

*Diálogos – Têm como foco discutir os assuntos e temáticas mais presentes hoje no mundo, sob a perspectiva de uma Cidade Educadora e seus principais elementos, as diversidades, a democratização de acesso, a democratização de conhecimento, a inclusão social, a sustentabilidade, e como essas temáticas atravessam e geram impacto e transformação cultural e social. Convidamos profissionais especialistas de diferentes áreas, valorizando a pluralidade de pessoas e regiões do Brasil, os diversos saberes, perspectivas e experiências sobre os temas em debate.

A exposição “Se Essa Rua Fosse Minha?” fica em cartaz de 06 de agosto a 30 de setembro de 2022 no Oi Futuro Flamengo e materializa as práticas e ações promovidas pelo Play, onde serão exibidos os processos criativos dos artistas visuais convidados, entrevistas com as diferentes percepções das crianças que vivem os territórios pesquisados pelo projeto, além de conversas com lideranças e personalidades locais e suas vivências.

O Play é uma Plataforma Livre de Acesso às Artes, de impacto sociocultural, que através das múltiplas linguagens e expressões artísticas, tem o intuito de ampliar percepções sobre educação a partir da cidade e suas diversidades. Através da reflexão e a experimentação de instalações e intervenções, performances, residências, oficinas e diálogos, que exploram diferentes experiências estéticas oferecem  um espaço de conhecimento, troca e intercâmbio artístico, cultural e territorial.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here