- Publicidade -

“As Pessoas” crítica bom humor em reflexões sobre nosso papel no mundo

Publicado em:

“As Pessoas” crítica e bom humor em reflexões sobre nosso papel no mundo e sobre a sociedade que nos tornamos. Quem são “essas pessoas” a quem responsabilizamos por tempos de ódio e decadência de valores?

No palco, as pessoas são uma só: a atriz, produtora e autora do texto Márcia Santos. Três em uma personagem chamada Zelma, que até podem ser várias pessoas, todas provocadoras. Com direção de Rogério Fanju, o monólogo aborda de maneira crítica e bem-humorada comportamentos contemporâneos que, em geral, são percebidos por nós na ação alheia. É um padrão coletivo analisar hábitos e condutas sociais a partir da observação do outro, não raro, julgando-o ou responsabilizando-o. “As pessoas não se enxergam”. Mas que abstração é essa que designamos “as pessoas”? Que entidade intangível e incorpórea é essa que chamamos de “as pessoas”?

“As Pessoas” é o desabafo de Zelma, mulher instruída e cansada, que se sente inadequada, descrente e sozinha em sua forma de perceber o mundo. Em cena, Zelma movimenta caixas e livros, talvez na tentativa de construir uma muralha simbólica, que a separe e a proteja do mundo lá fora, já que o que ela deseja, é se esconder.

Serviço
Temporada: dias 8, 9, 10 e 11 de dezembro (de quinta a domingo)
Sessões: de quinta a sábado, às 19h; domingo, às 18h
Local: Teatro II – Sesc Tijuca ( Rua Barão de Mesquita 539 – Tijuca )
Classificação: 14 anos
Duração: 70 minutos

Rota Cult
Rota Cult
Redação do site E-mail: contato@rotacult.com.br

Mais Notícias

Nossas Redes

2,459FansGostar
216SeguidoresSeguir
125InscritosInscrever
3.870 Seguidores
Seguir
- Publicidade -