- Publicidade -

“Nunca desista de seus sonhos”, baseada na obra de Augusto Cury, chega ao circuito carioca

Publicado em:

“Vale a pena viver a vida, mesmo quando o mundo parece ruir aos nossos pés. Para isso, devemos usar nossos sonhos para temperar a existência, nossas dores para nos construir e não para nos destruir”. Esse pensamento de Augusto Cury, médico psiquiatra e considerado o autor mais lido da década, nos dá apenas um aperitivo do que o público pode esperar ao assistir à comédia dramática “Nunca desista de seus sonhos”.

 Há quase um ano em turnê pelo Brasil, a comédia dramática “Nunca desista de seus sonhos” chega ao  Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea. Baseada no livro homônimo de Cury, a peça propõe ao público uma viagem de autoconhecimento, reflexão sobre a sua própria vida e sobre a necessidade de uma orientação psicológica diante de problemas auto-sabotadores, além do entendimento de seus sonhos como objetivos a serem buscados em qualquer tempo.

No palco, os protagonistas Luiza Tomé e Nizo Neto experimentam uma verdadeira salada de emoções, indo do riso à angústia, passeando por mensagens de resiliência, motivacionais e de muita esperança. Em busca da felicidade, mesmo quando tudo parece dar errado.

A trama de “Nunca desista de seus sonhos” , conta a trajetória da psicóloga Carol (Luiza Tomé), de 60 anos, que vive em pé de guerra com a filha, de 16, típica representante da Geração Z, mimada e viciada em redes sociais. Usando a metodologia do Dr. Cury, Carol tem um enorme sucesso nos tratamentos de seus pacientes, porém, ela não consegue aplicar esses ensinamentos para resolver a sua vida. Além de Carol, temos um leque de personagens: Breno (Nizo Neto), um empreendedor falido, que luta contra o estigma de ser um derrotado; uma senhora de mais de 80 anos que desistiu de viver; uma secretária, de 35, que sonha ser mãe, mas vive um casamento inter-racial e tem medo de colocar uma criança negra numa sociedade preconceituosa; um estudante de Medicina, de 32, que pensa em largar tudo por não concordar com a doutrina da faculdade; e um menino, de 12, que odeia estudar e começa a ter questionamentos sobre a vida e o futuro.

A história ainda mistura ficção com situações reais. Passagens de vida do próprio Cury, de Abraham Lincoln, Martin Luther King e Jesus Cristo ilustram a produção. Como, por exemplo, numa cena em que o Dr. Augusto Cury (vivido por Nizo Neto) conversa com o neto.

“Devemos gritar em silêncio que os melhores dias estão por vir, enfrentar os períodos mais tristes da vida não como pontos finais, mas como vírgulas para continuar a escrever nossa trajetória”, completa Cury, que adaptou o texto para a linguagem do teatro, ao lado de Ingrid Zavarezzi.

Para Luiza Tomé, muitas mulheres irão se identificar de imediato com a sua Carol, em especial, as que já são mães. ” Ela é uma mulher determinada, apaixonada pelo o que faz, excelente profissional, foi uma boa esposa e é uma boa mãe. Mas, como todas as mulheres, que são mães, que trabalham fora e são independentes, carrega culpa, pelo pouco tempo e pela pouca dedicação. Toda mãe tem medo de errar. Mas ela é uma heroína, muito inteligente, está aberta para o amor e merece ser feliz”, avalia a atriz.

SERVIÇO
Temporada: De 6 de janeiro a 5 de fevereiro
Teatro Vannucci (Rua Marquês de São Vicente 52, Shopping da Gávea)
Sex e sáb, às 21h. Dom, às 20:30h
Ingressos pela Sympla https://bileto.sympla.com.br/event/77428/d/162965
Classificação: 10 anos
Duração: 70 min

Rota Cult
Rota Cult
Redação do site E-mail: contato@rotacult.com.br

Mais Notícias

Nossas Redes

2,459FansGostar
216SeguidoresSeguir
125InscritosInscrever
3.870 Seguidores
Seguir
- Publicidade -