A 83° edição do Oscar foi apresentada por Anne Hathaway e James Franco. O presidente da Academia, Tom Sherak convidou a dupla com o intuito de aumentar a audiência da transmissão da cerimônia atraindo um público mais jovem. A abertura da noite foi muito criativa, apresentando os favoritos da noite.
Pela primeira vez, um dos apresentadores da cerimônia concorre na categoria de melhor ator pelo papel de protagonista do drama “127 hours” de Danny Boyle, ganhador do Oscar por “Who wants to be a millionaire?”
O primeiro prêmio da noite foi na categoria Melhor Direção de Arte. A academia premiou novamente Tim Burton nessa categoria com “Alice no país das Maravilhas”. Ano passado, Tim levou por Sweetney Todd.
Na categoria animação, Melhor Curta Animado foi para “The lost thing”. A Melhor animação da noite ficou com “Toy Story 3“, super merecido! Na categoria roteiros, “A Rede Social” ganhou a estatueta de Melhor roteiro adaptado e o “O Discurso do Rei” por Melhor roteiro original.
Na categoria Melhor atriz coadjuvante Hailee Steinfeld de “Bravura Indômita” era favorita da noite da noite, mas Melissa Leo venceu pelo incrível trabalho em “O Vencedor”.
Christian Bale foi o ganhador na categoria Melhor ator coadjuvante por “O Vencedor“, onde o ator interpreta um viciado em crack. Meu favorito!!!
Natalie Portman levou o Oscar de Melhor atriz por “Cisne Negro“. E Colin Firth por “O Discurso do Rei” na categoria Melhor atriz e Melhor ator. Ambos favoritos da noite por belíssimos trabalhos!
A categoria Melhor Trilha Sonora Original foi para a “A rede social“. A Melhor Canção original foi para We Belong Together, ”Toy Story 3”.
O filme ”Inception” levou a estatueta na categoria Melhor Fotografia. Seguidos pelos prêmios técnicos: Melhor Mixagem de Som, Melhor Edição de Som e Efeitos Visuais. Alguém tinha dúvida disso???
Na categoria Artes: Melhor Maquiagem foi para “O lobisomem” e Melhor Figurino ficou para “Alice no país das Maravilhas”. Viva Tim Burton!!!!
Melhor Documentário de Curta-metragem foi para “Strangers no more”, Melhor Curta para “God of Love” e Melhor Documentário para “Inside Job”.
A categoria de Melhor filme estrangeiro foi para “Em um Mundo Melhor”, da Dinamarca. Melhor Montagem foi para “A Rede Social”, um trabalho genuíno!
Tom Hooper levou nas categorias: Melhor diretor e Melhor filme, pelo favorito da noite: “O Discurso do Rei”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here