Abby é uma mulher bonita, casada e com dois filhos. Morando em uma boa casa nos arredores de Nova York, a família parece ser feliz, mas algo passa a incomoda-la depois de levar uma pancada na cabeça. A partir dai, Abby começa a questionar sua vida de classe média com pouco sexo.
 
Com um vazio interno enorme, Abby cria um pseudônimo em busca da realização sexual que não tem em seu casamento. Com o medo de ser descoberta, suas escolhas são meticulosas.
 
Robin Weigert está bem confortável no papel da protagonista e a direção não fica por menos, Stacie Passon soube conduzir muito bem as cenas de sexo, sem deixar o filme vulgar.
 

“Concussion”  lembra e muito “A belle de Jour” (A Bela da Tarde) de Buñuel. Ambas as histórias tem o mesmo propósito, e nos levam ao mundo muito comum, afinal a vida sexual depois do casamento muda com o tempo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here