O legendário Rick Wakeman, ícone do rock progressivo e ex-integrante da banda Yes, esteve   novamente no país. O tecladista se apresentou no dia 29 de Outubro no Teatro Bradesco no Rio de Janeiro, comemorando 40 anos de seu álbum “Journey To The Centre Of The Earth “.

Referência indiscutida do rock progressivo, Rick Wakeman nasceu em Londres em 1949 e a sua paixão pela música ficou evidente já durante a sua adolescência. Estudou piano, clarinete, orquestração e música moderna.  Entre os anos 1969 e 1973, foi colaborador de importantes artistas, como David Bowie, Cat Stevens e Al Stewart. Também participou como músico de sessão no álbum Dragonfly, do conjunto Strawbs, que abandonaria em 1971 para passar a formar parte do Yes, como tecladista.  Seu primeiro álbum com o Yes foiFragile, seguido por Close to the Edge, o duplo Tales from Topographic Oceans e o triplo ao vivo Yessongs.


O músico revisitou os grandes sucessos do Yes ao lado de sua banda, formada por Tony Fernandez (bateria), Matt Pegg (baixo), Dave Colquhoon (guitarra), Ashley Holt (vocalista) e Guy Protheroe (maestro). 
A banda é monumental! O baterista Tony Fernandez é fantástico. O baixista Matt Pegg e o guitarrista Dave Colquhoon são excelentes, mas  o som do teatro não estava à altura da música e dos músicos, tampouco da plateia madura que conhece a boa música.
 

 

Sinônimo de sonoridade intrincada e diversa, Rick Wakeman viveu o auge comercial entre 1972 e 1973, aos comandos de bandas inglesas como GenesisYes e Jethro Tull. Ainda antes da eclosão punk, em 1977, os reis já haviam pedido a majestade. A queda repentina, no entanto, não os impediu de seguir arrastando um público cativo, alheio a modismos, e que parece renascer a cada geração.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here