Os “Ain’t Rights” é uma jovem banda de punk rock, que estão em final de uma turnê, onde tudo deu errado. Para fechá-la, eles aceitam tocar em um estranho bar de Skinheads em uma cidadezinha do Oregon.Depois do show, ao se depararem com o cenário de um assassinato, nos bastidores, a banda se vê ameaçada pelo sinistro dono do bar e seus capangas que não pretendem deixar suas testemunhas vivas.

Esse estranho bar, não é apenas esquisito, por si só, existe uma ideologia por de trás deles, o Neonazismo.

O filme é muito mais que um suspense, e um grande filme de terror, capaz de deixar o espectador de queixo caído com tamanha peculiaridade e destreza.

O ritmo inicialmente demora a engatar, mas nada que derrube o filme. Logo tudo se encaixa e flui naturalmente.

A direção competente de de Jeremy Saulnier (que também assina o roteiro), faz de ”Green Room” um filme completamente agonizante. O elenco surpreende também pelas boas atuações.

O filme foi exibido na Semana dos Realizadores do Festival de Cannes deste ano.

Em exibição na Mostra Midnight movies do Festival do Rio 2015.


DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here