Documentário com uma rara entrevista de Nise da Silveira ao diretor em 1986 e montada em 2014 por Eduardo Escorel. O livreto contém textos de Hirszman, Escorel, Lauro Escorel e trecho de entrevista de Nise a Dulce Pandolfi, gravada em 1992.
Entre os dias 21 e 24 de novembro, o cinema do IMS-RJ exibe o documentário Imagens do inconsciente, de Leon Hirszman, e Posfácio, rara entrevista de Nise da Silveira concedida ao diretor em 1986 e montada apenas em 2014 por Eduardo Escorel. As sessões ocorrem por conta do lançamento do filme em DVD.
O filme é dividido em três episódios que contam a história de três internos do Hospital Psiquiátrico Pedro II, antigo Centro Psiquiátrico Nacional, no Rio de Janeiro. Fernando Diniz, Carlos Pertuis e Adelina Gomes participaram do serviço de terapia ocupacional e reabilitação criado em 1946 pela dra. Nise da Silveira, também conhecido como Museu de Imagens do Inconsciente. A partir dos trabalhos desses três artistas, aborda-se o papel da atividade artística no tratamento dos pacientes e são discutidos os limites da psiquiatria tradicional e a decadência das instituições que psiquiátricas.
A ideia para o Museu de Imagens do Inconsciente surgiu quando Nise esteve presa durante o Estado Novo. A proposta era permitir que pessoas, por meio de pincéis, tintas, papel e barro, pudessem expressar seu mundo interior. A partir da implementação do projeto no Hospital Pedro II que a médica passou a estudar de maneira mais concreta o impacto que essas atividades têm no tratamento de pacientes que vivem nessas instituições.
Posfácio é uma entrevista feita por Hirszman com Nise em 1986, logo após a conclusão de Imagens do inconsciente. Mantido parcialmente inédito durante cerca de 30 anos, e sem haver indicações de como o diretor pretendia montar a entre­vista, coube a Eduardo Escorel o trabalho. Houve uma intervenção mínima no material bru­to, com a intenção de preservar, na medida do possível, a ordem da filmagem e a separação entre os dois dias nos quais a entrevista foi realizada (15 e 19 de abril). Eliminou-se o estritamente necessário, critério que permitiu preservar na versão final editada cerca de 70% dos 98 minutos filmados.
O livreto que acompanha o DVD inclui textos de Hirszman, Escorel, Lauro Escorel e uma entrevista transcrita de Nise a Dulce Pandolfi, pesquisadora do CPDOC da Fundação Getulio Vargas, gravada em 1992.

O DVD estará à venda nas lojas dos centros culturais do IMS, na loja virtual www.lojadoims.com.br e em livrarias.
Preço: R$ 49,90
Sobre a coleção de DVDs IMS:
A coleção de DVDs do IMS, lançada em 2012, divide-se em três linhas: filmes documentários, filmes de ficção e registros de entrevistas, mesas de debates e conferências organizadas pelo IMS. “Buscamos filmes que sejam especialmente significativos pelo tema ou pela forma narrativa, que se destaquem na filmografia de determinados realizadores”, explica José Carlos Avellar, curador da programação de cinema do IMS e responsável pela coleção de DVDs. “Algumas vezes, vamos em busca de títulos pouco ou nada conhecidos, outras, da revisão de filmes conhecidos para estimular um reestudo deles”, completa. Com esse objetivo, todo DVD da coleção vem acompanhado de um livreto com análises críticas.

Alguns títulos da coleção IMS: Shoah, de Claude Lanzmann; La Luna, de Bernardo Bertolucci; Cerimônia de casamento, de Robert Altman; Conterrâneos velhos de guerra, de Vladimir Carvalho; Vidas secas e Memórias do cárcere, de Nelson Pereira dos Santos; São Bernardo, de Leon Hirszman; O emprego, de Ermanno Olmi; Cerimônia secreta, de Joseph Losey; As praias de Agnès, de Agnès Varda;A pirâmide humana e Cocorico! Mr. Poulet, de Jean Rouch; Diário, de David Perlov; Elena, de Petra Costa; A batalha de Argel, de Gillo Pontecorvo; Seis lições de desenho, de William Kentridge; Sudoeste, de Eduardo Nunes; Libertários, de Lauro Escorel; Chapeleiros, de Adrian Cooper; Memórias do subdesenvolvimento, de Tomás Gutiérrez Alea; Contatos, a grande tradição do fotojornalismo; e três títulos dedicados à poesia: Ferreira Gullar lê seu Poema sujo, e diferentes artistas leem trabalhos de Carlos Drummond de Andrade emConsideração do poema e em Vida e verso.
Programação
De 21 a 24 de novembro
14h
Imagens do inconsciente – Fernando Diniz: Em busca do espaço cotidiano
16h
Imagens do inconsciente – Adelina Gomes: No reino das mães
18h
Imagens do inconsciente – Carlos Pertuis: A barca do sol
20h
Posfácio
Ingresso
R$8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia)
Ingressos disponíveis também em www.ingresso.com
Disponibilidade de ingressos sujeita à lotação da sala.
Instituto Moreira Salles – Rio de Janeiro
Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Tel.: (21) 3284-7400/ (21) 3206-2500

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here