O grupo terá como convidados Yamandu Costa, Hamilton de Holanda e a atriz e cantora Soraya Ravenle, além de uma palestra sobre tango.


A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta o show inédito Tangos Hermanos- 20 anos do grupo LiberTango,de 29 a 31 de março (terça-feira a quinta-feira). O grupo formado pela família Caldi – a argentina Estela (piano) e seus dois filhos brasileiros, Marcelo (acordeom) e Alexandre (sopros) – comemora seu 20 anos com convidados ilustres: Yamandu Costa (violão), no dia 29; Soraya Ravenle (voz), no dia 30, e Hamilton de Holanda (bandolim), em 31 de março. Todos os espetáculos começarão às 19h.


No repertório do show, muitas composições de Piazzolla como Fuga y mistério, Contramilonga a la funerala, entre outras. O público também irá se surpreender com as versões “tangueadas” de músicas de Chico Buarque, Lupicínio Rodrigues e Marcos Sacramento. Considerado um dos mais expressivos grupos de tango no Brasil, o LiberTango já se apresentou em diversos festivais e gravou e tocou com grandes instrumentistas. Possui quatro CDs: Tangos hermanos (2013), Porteño (2010), Cierra tus ojos y escucha (2007) e LiberTango – a música de Astor Piazzolla (2005).


“Quando o LiberTango surgiu, meio de brincadeira, há 20 anos, nosso intuito era apenas interpretar a música do grande compositor argentino Astor Piazzolla. A resposta imediata do público foi tão positiva que logo percebemos o quão séria essa brincadeira iria se tornar. Agora, tanto tempo depois, podemos dizer que carregamos na nossa história, além de Piazzolla, os tangos tradicionais, o tango brasileiro, composições próprias, um público fiel e muitas parcerias! Então, nada mais justo do que celebrar nossos 20 anos de história trazendo ao palco alguns dos nossos parceiros mais talentosos! Cada noite uma história. Assim será nossa mini-temporada”, explica Alexandre Caldi.

Integrantes:

A pianista Estela Caldi é considerada uma das maiores intérpretes de Astor Piazzolla na América Latina. Radicada no Rio de Janeiro desde 1969, ganhou o título de mestre em piano no Brasil, nos anos 1980, na UFRJ, com tese sobre Rudepoema, a maior e mais desafiadora peça composta por Villa-Lobos para piano.
O acordeonista Marcelo Caldi alcançou projeção nacional, em 2012, a partir das homenagens ao centenário de Luiz Gonzaga, mostrando um lado orquestral e sinfônico do rei do baião, venceu o Prêmio Funarte e lançou o livro e o disco Tem sanfona no choro, edição do Instituto Moreira Salles.
Compositor, arranjador e instrumentista, Alexandre Caldi é um dos raros representantes do sopro brasileiro a incorporar influências latinas em sua obra de forma requintada e expressiva. É mestre em música pela Uni-Rio, com trabalho inédito sobre os contrapontos de Pixinguinha.
Convidados:
O gaúcho Yamandu Costa é um dos guardiões das tradições musicais do Sul do país, cuja principal característica está no diálogo com as influências argentinas e uruguaias. É considerado a maior referência mundial do violão de sete cordas.
Hamilton de Holanda se encontrou com o tango na adolescência, pelas águas do choro, cujas influências europeias e africanas também ajudaram a formatar o ritmo argentino. Em sua trajetória consta o prêmio de melhor instrumentista por unanimidade, na única edição e nas duas categorias – erudito e popular -, do Icatu Hartford de Artes 2001.
A cantora, atriz e bailarina niteroiense Soraya Ravenle vem emprestando seu lado dramático para dar vida a tangos tradicionais de Carlos Gardel, e mostrar um lado mais portenho de compositores brasileiros. Já participou de 30 musicais, em 28 anos de carreira. Recentemente, participou da novela I love Paraisópolis, na TV Globo.

Palestra sobre tango:

No dia 30 de março (quarta-feira), às 15h, será realizada uma palestra interativa com os integrantes do LiberTango direcionada a estudantes de música e interessados em geral no tema As raízes do tango brasileiro e do tango argentino. O evento terá entrada franca mediante inscrição pelo e-mail gasparinando@gmail.com.

Serviço:
Tangos Hermanos – 20 anos do grupo LiberTango
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Teatro de Arena
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Datas:
29/3 (terça-feira), com Yamandu Costa (violão);
30/3 (quarta-feira), com Soraya Ravenle (voz),
31/3 (quinta-feira), com Hamilton de Holanda (bandolim)
Horário: 19h
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia.
Lotação: 176 lugares (+ 3 para cadeirantes)
Bilheteria: terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Classificação Indicativa: Livre
Acesso para pessoas com deficiência

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here