loving-cartaz“Loving”, em inglês, significa o ato de amar, mas não é só isso que essa filme fala, Loving também é o sobrenome de uma família que lutou durante nove anos pela liberdade de amar. O longa inspirado em uma história real, é um drama que descreve a luta de Richard e Mildred Loving, um casal inter-racial que foi preso na Virginia em 1958 por seu matrimônio.

Durante nove anos juntos lutando pelo direito de viver como uma família em sua cidade natal, seu caso ficou conhecido na história do direito civil como Loving vs. Virginia e percorreu todo o caminho até a Suprema Corte que, em 1967, validou o matrimônio, oficializando-o como o primeiro casamento entre pessoas de raças diferentes em seu país.

Dirigido por Jeff Nichols (O abrigo), o filme foge do melodrama, seu roteiro é simples e bem pontuado, ao contrário de seus personagens que carregam em cena uma história de vida pesada, conflituosa e que luta, apenas, pelo ato de se amarem. Cabe a Ruth Negga e Joel Edgerton, as atuações contidas do casal protagonista, que nos causam desconforto e emoção com a história ali projetada.

Loving é uma história de amor e preconceito que até hoje inspira casais ao redor do mundo.

Em cartaz na Mostra Panorama do Cinema Mundial.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here