O público que vai ao Rock in Rio terá muitas novidades nesta edição. Além da nova Cidade do Rock, a maior já construída em 32 anos de história, e que utilizará parte do espaço onde foi erguido o Parque Olímpico, ir e voltar para o evento será ainda mais fácil. Para isso, o festival fechou uma parceria inédita com o MetrôRio, que funcionará 24 horas nos dias 15, 16, 17, 21, 22, 23 e 24 de setembro. No período, o MetrôRio funcionará normalmente até a meia-noite e, a partir desse horário, a estação Jardim Oceânico (que dá acesso às linhas do BRT) estará aberta para embarque. Todas as estações (linhas 1, 2 e 4) estarão abertas para desembarque por toda a noite.

“A única forma de se chegar à Cidade do Rock será por meio de transporte público. A operação especial do MetrôRio e BRT – que foi testada com sucesso durante os Jogos Olímpicos – dará ainda mais comodidade para nosso público e, a grande novidade, é que funcionará durante 24 horas, com uma operação especial do BRT, que faz a integração com o metrô. Inclusive, com BRT Expresso para a Cidade do Rock”, explica Ricardo Acto, diretor de Operação do Rock in Rio.

Clima de festa já começou
De 28 de março a 6 de abril, os usuários do transporte público vão começar a sentir o que será a festa do Rock in Rio. O festival vai promover, nas estações Carioca, Siqueira Campos, General Osório, Antero de Quental, Jardim Oceânico, Maria da Graça, do Metrô, e no terminal Alvorada, do BRT, apresentações com repertórios relacionados à história do evento. Os shows terão duração de 50 minutos e acontecerão diariamente, das 17h às 21h. Serão quatro apresentações por dia em cada estação, com curadoria do Rock in Rio.

A iniciativa do festival acontece paralelamente ao projeto Palco Carioca, do MetrôRio, que tem como objetivo incentivar talentos, realizar o intercâmbio cultural e dar oportunidade para músicos apresentarem seu trabalho ao público que transita pelas estações.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here