Sucesso absoluto de público em sua primeira edição, o II Festival Imperial de Cinema de Petrópolis volta à cena cultural em 2017 ampliado e cheio de novidades. O festival acontece de 18 a 22 de outubro e a programação gratuita. O festival conta com apoio do Palácio de Cristal, Museu Imperial, UCP e Cervejaria Bohemia.

O festival contará com exibição de filmes nacionais e estrangeiros, documentários, workshops, oficinas e debates com painéis sobre os destinos do cinema nacional, trilhas sonoras e adaptações literárias.

O II Festival Imperial de Cinema de Petrópolis agrega este ano uma ação social que beneficia 130 crianças do Ensino Fundamental da rede pública municipal, com a doação de óculos de grau. A parceria é das idealizadoras e diretoras Luciana Pacheco e Daniela Brescianini com a Prefeitura de Petrópolis por meio do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, Secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e empresas privadas como a Carl Zeiss, Óticas Carol e Ofaltmo Clínica de Petrópolis.

“Nosso objetivo ao idealizarmos o festival, foi consolidar Petrópolis como sede de um espaço democrático e definitivo para o cinema brasileiro. Englobando cultura, arte, entretenimento e intercâmbio, o Festival incentiva tudo isso e o turismo, além da grande confraternização do cinema” –encerra a diretora Daniela Brescianini.

PROGRAMAÇÃO
A abertura será no Theatro D. Pedro com exibição do filme “João, O Maestro”, de Mauro Lima. O filme conta a vida de João Carlos Martins. Encerrando a noite haverá o tradicional Baile de Máscaras no Palácio de Cristal, para os convidados.

O II Festival Imperial de Cinema de Petrópolis contará com 7 longa metragens atuais, de perfil autoral e comercial, filmes tais como: “O Filme da Minha Vida”, de Selton Melo; e “Não Devore Meu Coração”, de Felipe Bragança. Esse ano o festival conta com o apoio da Globo Filmes.

Em parceria com a Cinemateca Francesa, a Mostra “Musas do Cinema Francês”, exibirá clássicos restaurados onde Bardot, Deneuve, Ana Karina e Jeanne Moreau e Danielle Darrieux, protagonizam a visão de Jean Luc Godard, Louis Malle Jacques Demy e Max Opuls. As sessões acontecem todo final de tarde, na Cervejaria Bohemia.

A Mostra GloboNews Documentários apresentará o retrato de personalidades como Antonio Callado, Gabeira, Pitanga e Dom Paulo Evaristo Arns, que representarão esse trabalho. Na mesma linha de parceria audiovisual, será exibida a série de documentários “Bravos!”, da TV Brasil, que retrata, com uma visão humana, histórias de superação, de brasileiros no seu dia a dia, com um Painel com os realizadores apresentando a série na Universidade Católica de Petrópolis.

Sessões Infantis com um Projeto Escola, que visam levar mais de mil crianças e jovens ao cinema com exibições de filmes como Saltimbancos Trapalhões e o premiado O Menino e o Mundo.

A parte musical ganhou mais espaço com a criação do painel sobre Trilhas Sonoras, “A Música Original no Cinema”, com a presença de grandes músicos, autores de Trilhas. Na mesa de Literatura o tema será “A Arte da Adaptação Literária para o Cinema” tendo como exemplo as obras “Oeste, a Guerra do Jogo do Bicho” e “Dias Perfeitos”. Workshops de Direção para Atores, acontecerão durante 3 dias do evento no Museu Imperial, com inscrições no site do Festival.

A Oficina Infantil Audiovisual acontecerá no Palácio de Cristal, com suporte pedagógico, dois dias durante as manhãs, para crianças de 11 a 13 anos, com foco na produção de filmes para o Youtube. Os professores são Dostoiewski Champangnatte e Jeana Kamil.

Para mais informações acesse o site do festival: www.festivaldepetropolis.com

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here