Uma das séries mais criativas dos últimos anos, “Orphan Black” foi ganhando mais fãs do que os clones que Sarah Manning ia descobrindo a cada episódio. Agora, o criador Graeme Manson vio ao Rio de Janeiro pela primeira vez para conhecer os fãs brasileiros.

Na tarde da última terça, 10, Graeme Manson, um dos roteiristas da série Orphan Black, participou de um evento com fãs durante o Rio Market, no Hotel Royal Tulip, em São Conrado na Zona Sul do Rio de Janeiro.

No encontro, ele apresentou depoimentos dos atores da série com homenagens aos fãs brasileiros, muitas imagens de bastidores e também sanou curiosidades da plateia sobre a série.

A série “Orphan Black”  levanta questões sobre as implicações morais e éticas da clonagem humana e seus efeitos sobre questões de identidade pessoal.

Um dos assuntos mais comentados foram as clones. O Brasil é o segundo país que mais comenta sobre Orphan Black, atrás apenas dos Estados Unidos.

O evento foi aberto ao público e aconteceu no dia 10 de outubro com tradução simultânea.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here