O filme do conceituado Jacques Audiard (O Profeta, Ferrugem e Osso) trata da imigração de refugiados de guerra, confirmando sua credibilidade no cenário internacional. O diretor tem a coragem de comparar a questão dos refugiados na França à guerra no Sri Lanka, em Dhepan – O refúgio. O que é colocado em cena é apenas um retrato de personagens reais que se tornaram ficção aos olhos de  Jacques Audiard.

Para escapar da Guerra Civil no Sri Lanka, o ex-soldado Dheepan, a jovem Yalini e a pequena Illayaal se fazem passar por uma família. Sem dominar o idioma local, vão morar em um projeto habitacional nos arredores de Paris. A formação da falsa família como pano de fundo traz personagens que não se amam por motivos bem evidentes. É um objetivo prático para entrar em uma nova sociedade, porém de difícil assimilação e aceitação. é justamente essa temática que surpreende a atenção do espectador.

A interiorização de todo esse processo para os personagens mostra como a evolução interior deles era primordial. Neste sentido o filme é muito singular! O longa-metragem brilha de fato agregando ainda a violência nos subúrbios de Paris.

Com uma enorme intensidade dramática em sua abordagem, Dhepan – O refúgio conta com o roteiro de Noé Debré, Thomas Bidegain, Jacques Audiard. O elenco formado por estrangeiros merece destaque pelas em ótimas atuações.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here