Quatro artistas oriundos de países distintos apresentam seus trabalhos na coletiva “4 Estações”, que inaugura no dia 4 de setembro, terça, comemorando um ano de mudança da Galeria Metara de Ipanema para um charmoso sobrado de 1870 no Porto Maravilha. A brasileira Monica Carvalho, a “argentina-carioca” Susi Cantarino e o alemão Klaus Schneider se juntam ao catalão Roman Bonet, artista convidado pela curadora Liliu Castelo Branco, que pretende dar início a um intercâmbio entre a Catalunha e o Brasil, no que considera um embrião de aproximação entre cariocas e catalães.

“Assim como as estações, que ora preparam as sementes para germinarem, ora encerram ciclos, a criação do artista também passa por momentos distintos: a ideia e concepção da obra e seu amadurecimento, o desenvolvimento e execução da mesma e sua finalização. Aqui, quatro artistas distintos se encontram num mesmo processo, falando através da sensibilidade de suas obras. A arte não tem limitações, nem dificuldades de compreensão, ela flui pela sensibilidade de cada um”, explica a curadora, Liliu Castelo Branco.

Com técnicas completamente diferenciadas, o “fator tempo” aparece como fio condutor nas obras de todos eles. Monica trabalha com sementes e material orgânico descartado pela natureza, enquanto Susi dá novo uso a armários de metal desgastados, que são transformados em instalações pintadas. Já Klaus se apropria de matérias-primas naturais, como ripas de madeira, dispostas simetricamente em pendentes escultóricos, enquanto Roman levou um ano, entre dias e vindas, para concluir sua série em óleo sobre tela que retrata a paisagem Delta do Ebre, a seis horas de Barcelona.

SERVIÇO
4 ESTAÇÕES
Visitação: de 5 de setembro a 2 de novembro
Metara Porto Maravilha (Rua Sacadura Cabral, nº 264 – Saúde )
VLT Harmonia ou Utopia AquaRio. Vagas para estacionar.
Horário de visitação: de segunda a sexta, das 13h às 18h
Intercâmbio: MCB Organização em eventos de arte

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here