​Durante o verão de 1990 no Chile, com a crescente liberdade que se seguiu ao fim da ditadura, um pequeno grupo de famílias que vive em uma comunidade isolada aos pés dos Andes busca construir um novo mundo longe dos excessos urbanos. Nessa época de mudanças e reavaliações, Sofía, Lucas e Clara lidam com seus primeiros amores, desejos e medos, enquanto se preparam para a grande festa de Ano Novo.

Com uma estética naturalista, o filme dirigido por Domingas Sotomayor, traz um aspecto árido e seco sobre um grupo de famílias que vive  longe excessos urbanos. Com o intuito de contar sobre a rotina dessas pessoas,  o filme assume a proposta de mostrar a rotina desse lugar, onde incêndios são comuns. A temática adolescente é o destaque do enredo. Enquanto preparam uma grande festa de Ano Novo, eles são  precisam lidar com os primeiros amores, desejos e medos. Tarde para morrer Jovem aborda questões da adolescência com pluralidade.

A diretora que foi a primeira mulher a receber o prêmio de Melhor Direção no Festival de Locarno 2018, se inspirou em fatos da sua infância.

Mostra: Première Latina

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here