Lembra-se da Wandinha (ou, se você for mais purista, Wednesday) Addams, de A Família Addams? Ela cresceu! Agora, Christina Ricci vive uma mulher que vai morar em um condomínio fechado com um avançado sistema de câmera de segurança, em Paranoia, de Rob King.  Ela começa a acreditar que está sendo usado para controlar os moradores. Uma história que ecoa muito do espírito de nossa época, principalmente aqui no Brasil, onde muitos vivem trancados em condomínios com grades, cercas elétricas, câmeras e monitoramento. O elenco ainda conta com John Cusack (indicado ao Globo de Ouro por ‘Alta Fidelidade’). Ainda que o roteiro fique devendo a profundidade que a premissa básica da história pede, Christina entrega uma ótima atuação. No Brasil, ‘Imersão’ não passou pelo circuito comercial dos cinemas e estreia direto no streaming.

Logo em seu primeiro longa-metragem, o diretor e roteirista Aneesh Chaganty nos surpreende. Em  Buscando … ,  uma jovem de 16 anos desaparece e seu pai, David (interpretado por John Cho, o Sulu dos novos ‘Star Trek’), decide invadir o computador da filha para procurar pistas que possam levar ao seu paradeiro – e, dessa forma, ele descobre que ela guarda muitos segredos. Com ótimas interpretações e um roteiro redondo, o filme traz um mistério que nos envolve, além de saber utilizar muito bem elementos do mundo moderno para guiar o nosso olhar, como mensagens de texto, redes sociais e vídeo-chamadas. É, certamente, uma história emocionante e bastante original.

O anti-herói mais esperado do ano, Venom, dirigido por Ruben Fleischer, enfim chega as plataformas.

Primeiro filme do que a Sony pretende transformar em um “Aranhaverso”, povoado por personagens baseados nos quadrinhos do Homem-Aranha – ainda que o Escalador de Paredes, agora nas mãos criativas da Marvel Studios, não possa aparecer. O longa é baseado nos gibis dos anos 1990 do anti-herói Venom, e traz Tom Hardy (‘Mad Max: Estrada da Fúria’) e Michelle Williams (‘Manchester à Beira-Mar’) nos papeis principais. A história mescla elementos de ação, terror, ficção-científica e pitadas de humor, muito em busca do público adolescente ou de quem procura uma diversão sem comprometimento, sem se preocupar muito com a história que está sendo contada.

O drama, A Rota Selvagem, de Andrew Haighse passa nos Estados Unidos aborda a relação entre um jovem de 15 anos (interpretado por Charlie Plummer, o John Paul Getty III de ‘Todo o Dinheiro do Mundo’) que acaba criando um forte laço de amizade com um cavalo e, juntos, vão viajar pelo país – em uma metáfora sobre descobrirmos a nós mesmos durante a adolescência. A produção é da A24, também responsável por longas como ‘Moonlight’ e ‘Lady Bird’, e foi muito elogiada pelos festivais por onde passou, incluindo o Prêmio Marcello Mastroianni (de ator revelação) no Festival de Veneza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here