61ª cerimônia do Grammy, a maior premiação da música mundial, aconteceu neste domingo (10)  em Los Angeles, nos Estados Unidos. O Grammy 2019 definitivamente foi das mulheres. Desde a apresentadora, a cantora Alicia Keys,, passando pelas homenageadas e as premiadas. A premiação foi marcada por discursos com mensagens de esperança e união, sem alfinetadas ou situações desconfortáveis ao menos durante a transmissão.

Dentre os principais prêmios, Golden hour, de Kacey Musgraves, venceu na categoria álbum do ano. “This is America”, do rapper Childish Gambino, faturou as categorias de gravação e melhor canção do ano. A britânica Dua Lipa venceu a categoria de melhor artista novo (revelação). Cardi B ganhou a disputa de melhor álbum de rap, com Invasion of Privacy, e H.E.R. faturou o prêmio de melhor álbum de R&B, com H.E.R.. God’s Plan, gravada por Drake, foi eleita a melhor música de rap.

Confira abaixo a lista com os vencedores da noite:

Álbum do ano
Golden hour – Kacey Musgraves

Gravação do ano
This is America – Childish Gambino

Melhor canção
This is America – Childish Gambino

Melhor artista novo (revelação)
Dua Lipa

Melhor álbum de rap
Invasion of Privacy – Cardi B

Melhor álbum de R&B
H.E.R. – H.E.R.

Melhor canção de rap
“God’s Plan” – Drake

Melhor álbum country
Golden Hour – Kacey Musgraves

Melhor performance pop de duo ou grupo
“Shallow” – Lady Gaga & Bradley Cooper

Melhor performance pop solo
“Joanne (Where Do You Think You’re Goin’?)” – Lady Gaga

Melhor álbum pop vocal
Sweetener – Ariana Grande

Melhor álbum de pop vocal tradicional
My Way – Willie Nelson

Melhor gravação Dance
“Electricity” – Jarami, Alex Metric, Riton & Silk City, produtores; Josh Gudwin, mixer (gravada por Silk City & Dua Lipa Featuring Diplo & Mark Ronson)

Melhor álbum Dance/eletrônico
Woman Worldwide – Justice

Melhor álbum contemporâneo instrumental
Steve Gadd Band – Steve Gadd Band

Melhor performance rock
“When Bad Does Good” – Chris Cornell

Melhor performance de metal
“Electric Messiah “- High On Fire

Melhor canção de rock
“Masseduction” – Jack Antonoff & Annie Clark, compositores (gravada por St. Vincent)

Melhor álbum de rock
From The Fires – Greta Van Fleet

Melhor álbum de música alternativa
Colors – Beck

Melhor performance de R&B
Best Part – H.E.R. Feat. Daniel Caesar

 Melhor performance de R&B tradicional
“Bet Ain’t Worth The Hand” – Leon Bridges
“How Deep Is Your Love” – PJ Morton Featuring Yebba

Melhor música de R&B
“Boo’d Up” – Larrance Dopson, Joelle James, Ella Mai & Dijon McFarlane, compositores (gravada por Ella Mai)

Melhor álbum urbano contemporâneo
“Everything Is Love” – The Carters

Melhor performance de rap
“King’s Dead” – Kendrick Lamar, Jay Rock, Future & James Blake
Bubblin – Anderson .Paak

Melhor performance de rap cantado
“This Is America “- Childish Gambino

Melhor performance solo de country
“Butterflies” – Kacey Musgraves

Melhor performance de duo ou grupo country
“Tequila” – Dan + Shay

Melhor canção country
“Space Cowboy” – Luke Laird, Shane McAnally & Kacey Musgraves, compositores (gravada por Kacey Musgraves)

Melhor compilação para mídia visual
The Greatest Showman – Hugh Jackman (& Various Artists)

Melhor trilha sonora para mídia visual
Black Panther – Ludwig Göransson

Melhor canção escrita para mídia visual
“Shallow” – Lady Gaga, Mark Ronson, Anthony Rossomando & Andrew Wyatt, compositores (gravada por Lady Gaga & Bradley Cooper)

Produtor do ano, não clássico
Pharrell Williams

Melhor clipe musical
“This Is America” – Childish Gambino

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here