Chega hoje às plataformas digitais “Breve Canção de Sonho”, segundo single do novo álbum de Zélia Duncan, fruto da retomada da parceria musical e de trabalho com o músico e compositor Christiaan Oyens.

Depois de “O que mereço”, “Breve Canção de Sonho” antecede a chegada do álbum que marca a volta de Zélia ao pop folk autoral, dez anos depois de “Pelo sabor do gesto”. Batizado de “Tudo é um”, o álbum foi quase todo gravado ao vivo, com Zélia e os músicos tocando juntos em estúdio, com exceção de metais e cordas. “Minha voz reage aos instrumentos, que reagem a mim, porque “tudo é um””, pontua Zélia.

Sobre “”Breve Canção de Sonho”, trata-se de de uma parceria de Zélia Duncan e Dimitri BR gravada anteriormente para a trilha da novela Global “Cheias de charme’, mas que nunca havia sido lançada em um álbum de carreira de Zélia: “Tinha gravado num clima de violões e fiquei com vontade de encorpá-la aqui. Acho que conseguimos um resultado muito consistente nesse sentido. Ela é a nossa vontade de ser um pouquinho Roberto Carlos”, define.

O novo álbum tem direção artística de Zélia Duncan e direção geral de Oyens, que também assinam os arranjos junto com os músicos participantes, A direção de arte da capa do single é de Flávia Soares e Estúdio Campo, com fotos de Pablo Saborido.
O álbum, dobradinha Duncan Discos/Biscoito Fino, chega em 17 de maio e reúne parcerias inéditas de Zélia com Chico Cesar, Zeca Baleiro, Moska e Dani Black e Christiaan Oyen.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here