Às vésperas da Festa Literária Internacional de Paraty deste ano, que acontece entre os dias 10 e 14 de julho, o programa “Trilha de Letras” recebe a curadora da Flip, a jornalista e editora Fernanda Diamant, nesta terça (25), às 23h30, na TV Brasil.

Convidada pela apresentadora Katy Navarro, ela conta as novidades de um dos maiores eventos literários do país que em 2019 homenageia o escritor e jornalista Euclides da Cunha, autor imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL) que redigiu o clássico “Os Sertões”, obra adapta para o cinema, para o teatro e até para ópera.

Fernanda Diamant explica a escolha de Euclides da Cunha como autor homenageado da Flip. “Fora a qualidade literária, tem várias razões. Tenho uma relação muito afetiva com esse livro e com o próprio Euclides. Faz todo sentido ele ser celebrado. Existem muitos assuntos que interessam aos brasileiros”, analisa a pesquisadora.

A curadora comenta o desafio de realizar um evento do porte da Flip e revela as dificuldades em conseguir agendar a participação de grandes nomes da literatura brasileira e internacional em virtude da antecedência na agenda dos autores.

Especialista na obra de Euclides da Cunha, reconhecida pelo regionalismo e neologismo, o professor Willi Bolle compartilha seu conhecimento sobre o escritor em depoimento programa literário da TV Brasil.

Essa edição do Trilha de Letras conta, ainda, com a participação de Sandra Godinho no quadro “Dando a Letra”, espaço do programa que estimula os novos autores. A escritora comenta o seu título “Orelha lavada, infância roubada”.

Serviço
Trilha de Letras – terça-feira, dia 25/6, às 23h30, na TV Brasil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here