Os divertimentos nº 7 e 11, de Mozart, estão nos programas dos concertos que a Orquestra Sinfônica Brasileira levará ao palco da Sala Cecília Meireles nos próximos dias 20 e 21 de julho. Em duas formações de câmara, os músicos Nikolay Sapoundjiev, Clóvis Pereira Filho e William Isaac (violinos), Bernardo Fantini e Samuel Passos (violas), Emília Valova (violoncelo), Alexandre Brasil e Waldir Bertipaglia (contrabaixo), Felipe Destéfano (fagote) e Danillo Silles e Rafael Fossa (trompas) e Jorge Postel-Pavisic (oboé) se apresentarão na noite de sábado e repetirão o programa no domingo, em mais uma edição do Concerto da Juventude – apresentação de caráter didático, com ingressos a partir de R$5 (meia). A OSB conta com a Lei Federal de Incentivo à Cultura e tem a NTS como mantenedora, Vale, Brookfield e Eneva como patrocinadoras.

Os divertimentos ocupam um papel importante entre as obras que Mozart compôs durante seus primeiros anos em Salzburgo. Descontraídos, são peças multi-movimento e, pelo caráter intimista, eram tocadas em pequenas celebrações domésticas. O Divertimento nº 7 em Ré Maior K. 205 K6.167 foi, provavelmente, composto durante o verão de 1773 e o Divertimento nº 11 em Ré Maior K.201 foi escrito em 1776, para a irmã de Mozart.

SERVIÇO:
Orquestra Sinfônica Brasileira
Dia 20 de Julho, às 20h (sábado)
Endereço: Rua da Lapa, 47 – Centro – Rio de Janeiro
Ingressos à venda na bilheteria da Sala e no www.ingressorapido.com.br

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here