Destaques de todos os principais eventos de música do país se encontrarão no palco do Vivo Rio. O novíssimo Festival Polifonia ocupará a casa nos dias 18 e 19/10 (sexta e sábado) com nomes que vão do indie ao hardcore. No primeiro dia, se apresentarão Supercombo, Scalene, Tuyo, Zimbra e Folks. No dia 19, será um dia de shows mais pesados com Far From Alaska, Pense, Menores Atos, Gloria e Plastic Fire. Os shows começarão às 20h.

Presente nos principais festivais do país, a Scalene é formada por Gustavo Bertoni (voz), Tomás Bertoni (guitarra), Lucas Furtado (baixo) e Philipe “Mkk” Nogueira (bateria) e trará a turnê do disco “Respiro”. Ousando na sonoridade, o trabalho reúne um pouco de MPB, música eletrônica, R&B, entre outras influências, mas sob uma perspectiva que condiz com o caminho traçado pela banda, que já passou pelo Lollapalooza e Rock in Rio em sua trajetória.

A Supercombo possui cinco álbuns lançados – “Festa?” (2007), “Sal Grosso” (2011), “Amianto” (2014), “Rogério” (2016) e o recente “Adeus, Aurora” (2019) – e, ao longo dos últimos anos, vem se tornando um dos principais nomes do cenário pop rock nacional. Graças à sonoridade contagiante do quarteto formado por Leonardo Ramos (voz e guitarra), Pedro “Toledo” Ramos (guitarra), Carol Navarro (baixo) e Paulo Vaz (teclados), o grupo soma ainda parcerias com nomes importantes da cena – como Scalene e Far From Alaska – e forte presença online.

Formada por Machado, Lio e Lay Soares, a Tuyo une elementos orgânicos e eletrônicos em suas canções, embaladas por temáticas existenciais. O EP de estreia, “Pra Doer” (2017), introduziu o estilo contemplativo que seria ampliado em 2018 em “Pra Curar”. O trabalho solidifica essa sonoridade com letras embebidas em sensibilidade e influências folk, lo-fi hip hop e synth pop. Em seus shows, a Tuyo transita entre os dois trabalhos lançados, colocando em primeiro plano sua vulnerabilidade em músicas que mostram a personalidade de cada integrante, ao mesmo tempo que estreita sua triunidade enquanto compositores.

Destaque da cena, Far From Alaska traz seu show explosivo com base em stoner rock e alternativo. No repertório, canções dos discos “Modehuman” (2014) e “Unlikely” (2017). Formada em 2007, a banda santista Zimbra conta com Rafael Costa (vocal), Vitor Fernandes (guitarra), Guilherme Goes (baixo) e Pedro Furtado (bateria) e vai apresentar ao público os destaques dos discos “O Tudo, o Nada e o Mundo” (2013) e “Azul” (2016), além de singles recentes.

Com mais de 10 anos de estrada, a Pense ficou conhecida por unir o peso do som com mensagens profundas em suas letras. A banda sobe ao palco com Lucas Guerra (vocal), Judá Ramos (baixo), Charles Taylo (bateria), Cristiano Souza (guitarra) e Ítalo Nonato (guitarra). A banda apresentará o repertório do disco “Realidade, Vida e Fé”. Nesse trabalho, seu terceiro de estúdio, a Pense reforça suas ideias de abordar questões pessoais, acreditando que a mudança primeiro precisa ser interna, antes de ser externa.

Uma das bandas mais aclamadas na cena brasileira independente dos últimos anos, o trio carioca Menores Atos vem em uma crescente desde o lançamento do seu disco de estreia: “Animalia”, de 2014. Eles apresentarão as faixas do disco e do recente lançamento, “Lapso”. A veterana banda Glória retornará ao Rio com o repertório do novo álbum “Acima do Céu”. Formada em 2002, e com 5 álbuns lançados, eles se destacaram pela mistura de metalcore e post-hardcore.

O quarteto de hardcore Plastic Fire apresenta canções do seu álbum de estreia “Existência Parcial” (2008), “A Última Cidade Livre” (2010) e o mais recente, “CidadeVelozCidade” (2014). A banda de Madureira é formada por Reynaldo (voz), Daniel (guitarra), Marcelo (bateria) e Marcio (baixo). Fecha a lista de shows a banda carioca Folks, que lançou seu disco de estreia em 2016 e se apresentou no SxSw (EUA) no mesmo ano.

 Serviço:
Polifonia Festival
Data: 18 e 19/10/2019 (sexta-feira e sábado)
Horário: 20h
Local: Vivo Rio (Av. Infante Dom Henrique, 85 )

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here