No dialeto local havaiano, poke significa algo como “cortar em pedaços”. E também é o nome de um prato típico local, que consiste numa combinação de peixe, arroz, legumes, frutas e uma opção de carboidrato. Foi na ilha, localizada no célebre arquipélago no meio do Oceano Pacífico, que o chef Pedro Mattos se apaixonou pela iguaria. Tanto que acaba de trazê-la para o Rio: ele inaugurou o Pokee-se, um espaço totalmente dedicado a esta culinária. “É um prato que agrada em cheio ao público carioca, pois é saudável, colorido e super balanceado. Cada bowl tem quase 500 gramas de uma comida de alta qualidade”, diz o chef, que ano passado participou do MasterChef Profissionais.

No Pokee-se, localizado no shopping de contêiner Ipanema Harbor, o cliente tem duas opções para degustar com o hashi. No “Monte do seu jeito”, que custa R$38, ele pode escolher os ingredientes que desejar, sendo uma base – arroz japonês, arroz integral ou quinoa -; uma proteína, que pode ser salmão, camarão, atum ou cogumelo; até cinco acompanhamentos, que podem ser manga, milho, pepino, entre outros; um molho (maionese de beterraba, maionese de sriracha, maionese de wasabi, maionese Pokee-se ou teriaki) e um complemento, como chips de batata doce, coco crocante, cream cheese, cebola crispy e nori. Ainda é possível escolher acompanhamentos premium como amêndoas, macadâmia, ervilha de wasabi e bottarga de Santa Catarina, a R$ 6, cada.

Outra boa pedida é o “Montamos para você”, em que o chef apresenta deliciosas criações pré-montadas e com o seu toque especial. Por enquanto são quatro opções: o Ipanema (com quinoa, cogumelos, molho clássico, pepino, avocado, cebola roxa, cenoura, ervilha torta, tomate e lâminas de amêndoa); o Praia Vermelha(foto) (arroz japonês, atum marinado no shiro dashi, maionese de beterraba, avocado, cebola roxa, chuchu fermentado, gengibre, pepino, nori e chips de batata de doce); o Prainha (foto) (arroz japonês, camarão, maionese de sriracha, cebola roxa, cenoura, ervilha torta, manga, pepino e repolho roxo marinado). Para finalizar o Itacoatiara (foto), campeão em vendas, um mix de arroz japonês, salmão, maionese de wasabi, avocado, brócolis no missô, manga, pepino, cebola roxa cream cheese.

“O nosso maior diferencial é a valorização do produto, tenho fixação em trabalhar com coisa boa. Por isso fomos buscar os melhores fornecedores do país. Nosso camarão, por exemplo, vem do Rio Grande do Norte. Não vamos ser mais um poke, vamos ser o melhor do Rio”, conta o chef, que também aposta em produtos que só ele tem. Nessa seara estão criações inusitadas como o brócolis de missô, o chuchu fermentado e a acelga apimentada fermentada. “Uso a técnica para valorizar o produto”.

O Pokee-se fica na Rua Gomes Carneiro, 132, loja 1 – Ipanema.

Fotos: Selmy Yassuda/Rio Art Com

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here